terça-feira, 25 de julho de 2017

32ª VAQUEJADA DE PARAIBANO: DORGIVAL DANTAS E TOCA DO VALE ATRAI GRANDE PÚBLICO PARA CASA DE SHOW...


 
Apesar de não seram a atração principal do evento, a dupla atriu quase o dobro de pessoas em relação a festa de sext-feira (Foto: DGR Produções)

Dorgival Dantas e Toca do Vale, atraíram e agradaram o grande público que foi prestigiar a festa da segunda noite da 32ª vaquejada de Paraibano/MA. 

Segundo informações, quem foi prestigiar o evento gostou e se divertiu bastante, embalados pelo forró pé-de-serrá de Dorgival, que deu um show, sempre “grudado” com sua sanfona em seguida, quem sacudiu a galera foi o cantor cearense Toca do Vale. Toca, foi vocalista da primeira formação da banda Brasas do Forró, onde ficou mais conhecido. Hoje, viaja pelo Brasil em carreira solo, apresentando animados e dançantes shows. 

O público que se fez presente na casa de show do Parque Antônio Pedro, foi bem superior ao da sexta-feira, primeiro dia do evento.

RECORD...

Vale lembra que, o recorde de público em festas da vaquejada de Paraibano/MA, até hoje, pertence à Banda Mastruz com Leite, quando participou pela primeira vez da festividade.

segunda-feira, 24 de julho de 2017

VAQUEJADA DE PARAIBANO: FESTA DE SEXTA-FEIRA, REGISTROU O MENOR PÚBLICO DOS ÚLTIMOS ANOS


                                            
Festa de sexta-feira, foto tirada depois de uma hora de show. (Foto original sem corte)


Na noite de sexta-feira (21) a dupla sertaneja renomada nacionalmente, Victor e Leo entrou no palco da Casa de Show do Parque de Vaquejada Antonio Pedro em Paraibano/MA, para abrir a 32ª Grande Vaquejada  do município. A dupla agradou o público presente  com repertório variados entre músicas românticas, baladas e alguns forró sertanejo,  em seguida a banda Forró dos Plays deu continuidade à festa.  Apesar da atração dos sertanejos famosos, a festa registrou o menor público em relação às últimas edições do evento, público abaixo do esperado pela previsão dos organizadores da vaquejada. 

 A queda no público foi atribuída a vários fatores,  dentre eles, a falta de pagamento do 13º salário ao funcionalismo público municipal, por parte da prefeitura  e os preços exorbitantes dos ingressos, o que afugentou milhares de pessoas.

Obs: (sempre os ex-gestores do município, antecipavam o pagamento do funcionalismo público, o que contribuia de forma positiva para o evento)


DSC_0088ttt
Vitor e Léo fizeram um show à parte (Foto: Léo Lasan)

BLITZ 

No início da noite, a Polícia Rodoviária Estadual (P.R.E), realizou uma blitz no trânsito, inclusive com uso de bafômetro e apreendeu diversos veículos que estavam com a documentação irregular ou com o condutor trafegando sem a Carteira de Habilitação,  a blitz foi anunciada pelo Tenente Coronel Êmerson Bezerra da Polícia Militar, que participou na quinta-feira (20) do programa Debate Máxima, da rádio Máxima FM, onde o mesmo explicou como seria toda a operação de segurança por parte da PM e da P.R.E, durante os três dias de vaquejada.

(Ainda esta semana será publicada  matéria sobre os outros dias do  evento)
 

quinta-feira, 20 de julho de 2017

Brasil: País tem um médico para cada 470 habitantes; veja raio x por região

Nº de habitantes por médico no Norte é quase 3 vezes o do Sudeste; veja o raio-x da carreira

Em julho de 2017, o Brasil tinha mais de 440 mil médicos com registro ativo no Conselho Federal de Medicina. Segundo a Associação Nacional de Médicos Residentes, porém, vagas de emprego são muito mais difíceis nas capitais e grandes centros.

 Quem pensa em fazer o vestibular com interesse em seguir a carreira de medicina vai se deparar com o seguinte cenário: um país com um número crescente de médicos, mas uma distribuição ainda desigual entre as regiões. Atualmente, o Brasil tem mais de 440 mil médicos em atividade e uma população estimada em 207 milhões de pessoas, segundo dados do Conselho Federal de Medicina (CFM) e projeções do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para julho de 2017. Isso representa uma média nacional de 470 habitantes por médico registrado. 

 Mas a situação varia de estado para estado. Enquanto no Distrito Federal essa média é de 254 habitantes por médico, no Maranhão ela sobe para 1.382. Considerando as regiões brasileiras, o Sudeste é onde há uma concentração maior de médicos em relação à população local. São 353 habitantes por médico. Já a Região Norte apresenta o pior índice: 953 habitantes por médico (veja mais no mapa abaixo, elaborado pelo G1 com base nos números do CFM e do IBGE):

CLIQUE AQUI E VEJA A MATÉRIA NA ÍNTEGRA 

Fonte : G1.com / IBGE

 

segunda-feira, 17 de julho de 2017

“PARAIBANO NÃO PODE VIRAR CABIDE DE EMPREGOS”, DISPARA DEP. WELLINGTON DO CURSO



 
Deputado Wellington e Prefeitura de Paraibano
Após receber inúmeras denúncias de aprovados em concurso público 2014/2015 (ANULADO PELA JUSTIÇA NA PRIMEIRA INSTÂNCIA), que aconteceu em Paraibano e no recente seletivo de 2017, o deputado estadual Wellington do Curso (PP) se posicionou quanto à confusão presente na atual gestão à frente da Prefeitura, ao ignorar o concurso que foi validado pela Justiça (validado na segunda instância) e insistir fazendo contratações temporárias, além de realizar um seletivo que também foi denunciado por irregularidades e questionado na justiça.

Sobre a situação, Wellington deixou claro que a Prefeitura de Paraibano, há 500 km de São Luís, não pode ser vista como um cabide de emprego e cobrou um posicionamento por parte da Prefeitura.

“Recebemos inúmeras denúncias e iremos nos reunir na próxima quinta-feira com os aprovados no concurso. É inadmissível que a máquina pública, que a Prefeitura vire cabide de empregos para parentes ou amigos. O concurso foi validado pelo Judiciário. Logo, o correto seria a Prefeitura nomear e não ficar realizando contratações duvidosas. Uma das funções de um deputado estadual é fiscalizar e é o que temos feito. Vamos cobrar um posicionamento do prefeito e vamos formalizar denuncia no Ministério Publico para averiguar as irregularidades “, disse o professor e deputado Wellington.

Sobre a situação, o advogado Ferdinan Guimarães esclareceu a recente decisão da Câmara Cível que garante o direito dos aprovados.

“Recentemente, saiu uma a decisão judicial em que fica claro que o concurso foi validado. Juridicamente, os aprovados possuem a expectativa de direito e uma administração séria e responsável, tão somente, daria continuidade ao trâmite de nomeação. Essas contratações temporárias e irregulares ferem a moralidade e a ética, além de antijurídicas”, esclareceu o advogado Ferdinan, que ressaltou que a prefeitura fez um seletivo que também apresentou irregularidades e a situação foi judicializada.

RESUMO DA ÓPERA: Tanto o concurso público como o seletivo foram fraudados. 

Fonte: Site do Wallace Braga

quinta-feira, 13 de julho de 2017

FEBRE NO NORDESTE, BANCAS DE APOSTA ESPORTIVA ILEGAL "QUEBRAM" APÓS PRÊMIOS MILIONÁRIOS NO BRASILEIRÃO

 
Esportes
A 13ª rodada do Campeonato Brasileiro sequer acabou, e milhares de torcedores Nordeste afora já viveram momentos de intensa euforia e profunda tristeza. Isso porque uma série de sites e bancas ilegais de apostas esportivas — que viraram febre em vários estados da região desde o ano passado — simplesmente "quebraram" após os resultados da Série A de quarta-feira (12).

Logo que os jogos acabaram, começaram a circular nas redes sociais fotos de cartões vitoriosos de apostas acumuladas — aquelas em que o apostador marca vários possíveis resultados e só ganha o dinheiro se todos eles acontecerem como previsto — nos jogos Ponte Preta x Bahia, Atlético-MG x Santos, Fluminense x Botafogo, Palmeiras x Corinthians, Atlético-PR x Cruzeiro e Vitória x Vasco da Gama. A improvável combinação das cotações de todos os visitantes pagava entre mil e 2.200 vezes o valor apostado, mas foi o que aconteceu: Bahia, Santos, Botafogo, Corinthians, Cruzeiro e Vasco venceram.
Febre no Nordeste, bancas de aposta esportiva ilegal 'quebram' após prêmios milionários no Brasileirão
Tão rapidamente quanto as manifestações de alegria dos apostadores, porém, áudios de supostos cambistas e operadores das bancas se disseminaram pelo WhatsApp. O tom era quase fúnebre. "Pessoal, não adianta me ligar, me pressionar, mandar mensagem. Já entrei em contato com o dono da banca e ele falou que é impossível pagar. O prejuízo é milionário. Não vai ter condição de pagar. E vocês sabem que é jogo ilegal. Não adianta ir para a Justiça, não adianta fazer nada. Fechou a tampa do caixão", diz um dos operadores.

"Vocês podem ter certeza: nenhuma banca vai pagar isso. A gente vai ver se faz um acordo para não deixar todo mundo desamparado. Esse jogo acabou hoje. É falência pra todo mundo", afirma outro funcionário das bancas ilegais.

Apostas esportivas são consideradas jogo de azar no Brasil, o que impede que os sites sejam cadastrados no país. Muitas páginas, entretanto, são registradas aqui, mas em nome de laranjas. Outros empresários do setor optam por driblar a legislação por meio de cambistas que usam tablets e maquininhas de impressão em pontos físicos e de maneira ambulante, oferecendo as apostas em bares e de porta em porta.

Os envolvidos em apostas ilegais podem ser indiciados por crimes como lavagem de dinheiro, gestão fraudulenta, sonegação fiscal, evasão de divisas e funcionamento de instituição financeira sem autorização do Banco Central, em crimes contra a ordem econômica, tributária e contra as relações de consumo.

SITES ADMITEM PREJUÍZO

Menos de 24 horas após o início da confusão, parte dos sites de aposta "underground" começaram a admitir seus prejuízos e pedir paciência aos jogadores. O site Marjosports, sediado no Brasil e registrado em nome de "Jurema Vinte e Nove da Silva", publicou em sua página inicial um pedido de desculpas. "Prezados, neste dia 12/07 tivemos a maior premiação de nossa história. Algo tão grande que não pudemos prever e, por consequente (sic), não pudemos nos preparar antecipadamente. Mas queremos deixar claro nosso compromisso com você que sabe da nossa credibilidade, e que honraremos todos os nossos compromissos, como sempre fizemos nestes anos que estamos juntos", diz o texto.
Em texto semelhante, a banca Chuto Forte, cadastrado no sistema nacional em nome de "Thiago de Luna Campos", afirma que entrará em contato com os ganhadores "para o posterior agendamento das datas". Outro site, intitulado BetGol777 e registrado fora do Brasil, afirma que vai parcelar o pagamento dos créditos dos apostadores. "A Bet Gol 777 assume desde já o compromisso de honrar todos os débitos na condição de parcelamento, iniciando com 10% (dez por cento) do valor do prêmio, com programação de quitar todos os valores em dez vezes", afirma o comunicado.
MERCADO VENDE ATÉ SISTEMAS DE COBRANÇA

A febre de apostas esportivas gerou todo um mercado clandestino. No YouTube, por exemplo, programadores de tecnologia da informação que vendem seus serviços para eventuais investidores no ramo ilegal. Em anúncios às claras, os profissionais oferecem o sistema pronto de impressão dos "pules", com códigos exclusivos de cada bilhete e sistema de segurança para evitar falsificações.

POLÍCIA JÁ FECHOU SITES

Em abril deste ano, a Polícia Civil do Ceará (PC-CE) deflagrou a Operação O Jogo Não Acabou, que fechou uma casa de apostas na cidade do Crato. Na ocasião, os policiais prenderam um homem em flagrante por contravenção penal e apreenderam materiais de apostas ligadas aos sites "Bets 69", "Bets 99", "Bets Cariri" e "Bets Nordeste". Estes dois últimos já não operam mais, mas as duas primeiras bancas, sediadas fora do Brasil, continuam funcionando.
Divulgação/Polícia Civil CE
Na ocasião, a PC-CE informou que pediria ao Ministério Público Federal (MPF) a imediata retirada do ar dos sites de apostas.

JUIZ CLÉSIO CUNHA ABSOLVE ROSEANA DE DENÚNCIA DO ‘CASO UTC/CONSTRAN


Ex-governadora Roseana Sarney Murad (PMDB)


Maranhão
O juiz Clésio Coêlho Cunha, respondendo pela 3ª Vara Criminal, absolveu sumariamente a ex-governadora Roseana Sarney Murad (PMDB) da denúncia do chamado “Caso UTC/Constran”, formulada pelo promotor de Justiça Lindonjonson Gonçalves de Sousa, titular da 28ª Promotoria de Justiça Especializada na Defesa do Patrimônio Público e da Probidade Administrativa.

A ex-procuradora-geral do Estado Helena Maria Cavalcanti Haickel também foi inocentada.

No fim de abril de 2017, Lindonjonson aditou uma ação no caso e incluiu a ex-governadora e a ex-procuradora-geral no rol de denunciados, acusando-as de suposto recebimento de propina de R$ 3 milhões do doleiro Alberto Youssef, que seria o intermediário entre a UTC/Constran e o governo do Maranhão para o recebimento de propina de R$ 3 milhões por parte do governo em troca da liberação à empreiteira do precatório de R$ 113 milhões, dos quais R$ 33 milhões foram efetivamente pagos. O pagamento, de acordo com o MP, foi feito “fora da ordem legal do precatório” (‘furando fila’).

O processo original é de 2015 e nele já apareciam outros10 réus, além de Roseana.
Ao decidir sobre o caso, Clésio julgou inepta a denúncia em relação a Roseana Sarney e Helena Haickel e destacou que em nenhum momento o MP apontou fatos novos, nem condutas que indicassem ilícitos.

“Verifico que a peça acusatória de adição é inepta por ser genérica e não individualizar quais as condutas praticadas pelas denunciadas que se amoldariam aos tipos penais descritos no aditamento da denúncia. A narrativa é vazia. Indícios não são meras conjecturas. Há de se descrever minuciosamente as condutas criminosas apontadas pelo Ministério Público. No que concerne ao crime de lavagem de dinheiro, não se aponta qual teria sido o ato concreto apto a caracterizar tal crime. Não se demonstrou um ato sequer que pudesse ser atribuído às denunciados com o intuito deliberado de dissimular a origem de recursos”, destacou.

Segundo o magistrado, Roseana não poderia ser condenada por praticar atos precedidos de pareceres da PGE e, ainda, homologados pela Justiça.

“O simples fato de à época ser Chefe do Poder Executivo Estadual não a torna responsável universal por todos os atos praticados pela Administração Pública, mormente quando o ato é antecedido por pareceres da Procuradoria Geral de Justiça e homologado pelo próprio Poder Judiciário, através de acordo judicial”, completou Clésio Cunha.

Para o magistrado, ao imputar crime à ex-governadora, o MP estaria imputando crime, também, a todos o que “de alguma forma avalizaram o acordo para pagamento dos valores devidos pelo Estado do Maranhão”.

MESMO JUIZ

O juiz Clésio Coêlho Cunha é o mesmo que, em março deste ano, então respondendo pela 7ª Vara Criminal de São Luís, também absolveu sumariamente Roseana Sarney da acusação de desvios de recursos na Saúde, usados para construir 64 hospitais no interior maranhense. Os hospitais teriam sido superfaturados e as licitações para as obras, fraudadas. O dinheiro desviado – quase R$ 2 milhões – teria sido usado na campanha política da peemedebista em 2010, segundo o MP.

A denúncia do caso dos 64 hospitais também foi formulada pelo promotor Lindonjonson Gonçalves de Sousa.

Fonte: Jornal Pequeno Online

quarta-feira, 12 de julho de 2017

LULA É CONDENADO NA LAVA JATO A 9 ANOS E 6 MESES DE PRISÃO NO CASO DO TRIPLEX

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi condenado na Lava Jato (Foto: Leonardo Benassatto/Reuters)

É a primeira vez, desde a Constituição de 1988, que um ex-presidente é condenado criminalmente. A decisão de Sérgio Moro permite que Lula recorra em liberdade. 

O juiz Sérgio Moro, responsável pelos processos da Operação Lava Jato na primeira instância, condenou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no processo que envolve o caso da compra e reforma de um apartamento triplex em Guarujá, no litoral de São Paulo. 

A pena é de 9 anos e 6 meses de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Outros dois réus no mesmo processo também foram condenados, e quatro, absolvidos (veja a lista completa abaixo)

É a primeira vez, desde a Constituição de 1988, que um ex-presidente é condenado criminalmente. A sentença foi publicada nesta quarta-feira (12) e permite que o petista recorra em liberdade. 

Na decisão, Moro afirma que houve condutas inapropriadas por parte da defesa de Lula que revelam tentativa de intimidação da Justiça e, por isso, até caberia decretar a prisão preventiva do ex-presidente. Porém, decidiu não mandar prendê-lo por "prudência". 

"[...] Considerando que a prisão cautelar de um ex-Presidente da República não deixa de envolver certos traumas, a prudência recomenda que se aguarde o julgamento pela Corte de Apelação antes de se extrair as consequências próprias da condenação. Assim, poderá o ex-Presidente apresentar a sua apelação em liberdade", diz a decisão. Veja a íntegra da sentença de Sérgio Moro.
 
Por "falta de prova suficiente da materialidade", o juiz absolveu Lula das acusações de corrupção e lavagem de dinheiro envolvendo o armazenamento do acervo presidencial numa transportadora, que teria sido pago pela empresa OAS.

O Portal  G1 fez contato com a defesa de Lula e aguardava resposta até a última atualização desta reportagem. Durante o decorrer do processo, os advogados negaram que Lula fosse dono do triplex.
"Por fim, registre-se que a presente condenação não traz a este julgador qualquer satisfação pessoal, pelo contrário. É de todo lamentável que um ex-Presidente da República seja condenado criminalmente, mas a causa disso são os crimes por ele praticados e a culpa não é da regular aplicação da lei. Prevalece, enfim, o ditado 'não importa o quão alto você esteja, a lei ainda está acima de você' (uma adaptação livre de 'be you never so high the law is above you')", escreveu Moro na sentença. 

Clique AQUI e lei a matéria na íntegra 

Fonte G1.com


 

EX-PREFEITA DE PARAIBANO PARTICIPARÁ DO PROGRAMA DEBATE MÁXIMA FM



A ex-prefeita de Paraibano/MA, Aparecida Furtado (PDT), que administrou o município por quatro mandatos, participará amanhã, quinta-feira (13), do segundo programa de debate da rádio Máxima Fm, 87,9. O programa vai ao ar a partir das 10:00h da manhã, sob o comando do locutor André Alves e do Professor e blogueiro Amaury Carneiro.



A prefeita teve as contas públicas de sua administração, referente ao ano de 2007, reprovadas pela maioria dos integrantes da atual composição da câmara de vereadores, o que a deixou inelegível por 8 anos. Esse será um dos assuntos abordados no programa, entre outros, não percam, acompanhe pelo seu rádio ou pelo aplicativo da Máxima Fm em seu celular ou no computador.

Matérias relacionadas: