segunda-feira, 30 de setembro de 2013

PREFEITA APARECIDA FURTADO SANCIONA LEI QUE CRIA SEMANA MUNICIPAL EM DEFESA DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE

Amaury Carneiro
A prefeita  de Paraibano-MA, Aparecida Furtado,  aprovou a Lei nº 076/2013, apresentada pelo vereador Murilo Ribeiro, através do projeto de lei nº 001/2013, que autoriza o poder público municipal instituir a semana municipal em defesa da criança e do adolescente no município.

O vereador apresentou o projeto de lei à câmara legislativa municipal no mês de abril, aprovada pelo executivo e divulgada no diário oficial no mês de julho 2013.

De acordo com o vereador,  a Semana Municipal em Defesa da Criança e do Adolescente, é uma tentativa  de fazer disseminar o conteúdo do Estatuto da Criança e do Adolescente na sociedade.

Veja abaixo o texto da Lei publicada no Diário Oficial do Estado do Maranhão
Pref. Aparecida e Vereador Murilo Ribeiro,
autor do projeto

LEI PREFEITURA MUNICIPAL DE PARAIBANO - MA LEI Nº 076/2013. Autoriza o Poder Público Municipal Instituir a Semana Municipal em defesa da Criança e do Adolescente no Municipio de Paraibano... e dá outras providências. A Prefeita Municipal de ... 

LEI
PREFEITURA MUNICIPAL DE PARAIBANO - MA
LEI Nº 076/2013. Autoriza o Poder Público Municipal Instituir a Semana Municipal em defesa da Criança e do Adolescente no Municipio de Paraibano e dá outras providências. A Prefeita Municipal de Paraibano, Maria Aparecida Queiroz Furtado, no uso das atribuições legais que lhe são conferidas pela legislação em vigor, Faz Saber que, ouvido o Plenário, a Câmara Municipal aprovou e ela sanciona a seguinte: Lei Art. 1º - O Poder Público Municipal fica autorizado a instituir a Semana Municipal em Defesa da Criança e do Adolescente – SEMDECA -, a ser realizada anualmente, na primeira semana do mês de julho, período que se comemora o aniversário do Estatuto da Criança e do Adolescente. Art. - A Semana Municipal em Defesa da Criança e do Adolescente objetiva buscar conscientização, através de procedimentos informativos, educativos e organizativos, dos direitos e deveres relativos à criança e adolescente, em especial aqueles contidos no Estatuto da Criança e do Adolescente. Art. 3º - A Semana Municipal em Defesa da Criança e do Adolescente será realizada com destaque e amplamente divulgada, ficando autorizado o Poder Público Municipal, através da Secretaria de Educação, Secretaria da Juventude a estabelecer e organizar comissões com vistas a fixar e realizar calendários de atividades a serem desenvolvidas durante a Semana ora instituídas. Art. 4º - Serão convocados a participarem da Comissão estabelecida no artigo anterior, profissionais com destaque específicos em áreas relativas à questão, como: membros do Conselho Municipal do Direito da Criança e do Adolescente, dos Conselhos Tutelares, da Vara da Infância e respectivas Promotorias. Art. 5º - A Semana Municipal em Defesa dos direitos da Criança e do Adolescente será incluída no calendário oficial do Município. Art. 6º - Esta lei entrará em vigor na data da sua publicação. Art. 7º - Revogam-se as disposições em contrário. Paraibano-MA, 23 de julho de 2013.MARIA APARECIDA QUEIROZ FURTADO - Prefeita Municipal.
CLIQUE AQUI E VEJA O PROJETO DE LEI DO VEREADOR MURILO RIBEIRO
WWW.NoticiasdeParaibanoMa.com
“Aqui Você Faz a Notícia” 

domingo, 29 de setembro de 2013

PREFEITURA DE PARAIBANO RESOLVE TENTAR SOLUCIONAR O PROBLEMA DA FALTA D'ÁGUA DEPOIS DO DESPACHO DA CAEMA

Operários trocando os canos, no poço P10
no início da tarde de sábado

Foto: Amaury Carneiro

Amaury Carneiro
Depois da CAEMA, ‘A pior empresa de abastecimento d’água do mundo”, ter despachado o compromisso com a prefeitura para solucionar o problema da falta d’água em Paraibano, a prefeita Aparecida Furtado, resolveu comprar os canos novos para o poço P10, com recursos do próprio município, o P10 abastece 70% das residências da zona urbana e está funcionando há meses apenas com 60% do seu poder de vazão d’água. Os canos chegaram na tarde deste sábado (28), e os operários da Caema juntamente com alguns do município, imediatamente retiraram os canos velhos para instalar os novos, também será instalada uma nova bomba com maior poder de vazão d'água.

Provavelmente no máximo até terça-feira dia 1º de outubro,  o abastecimento d'água deverá normalizar em várias parte da cidade. Até que os novos poços sejam perfurados.

Prefeita Aparecida Furtado,
diz que vai resolver o problema da
 falta d'água na cidade
“A empresa Caema, me despachou essa semana, depois de tanto tempo sem resolver o problema da falta de água em Paraibano” Disse a prefeita durante uma reunião do CRAS, na semana passada.

Isso é simplesmente um descaso, incompetência, falta de compromisso do governo Estadual com a população paraibanense e de várias outras cidades do Maranhão, que sofrem com o mesmo problema, deixando como sempre, o povo em segundo plano, a mercê do abandono. Este canal de notícias na web, há tempos noticia o descaso da Caema, quanto à falta de abastecimento de água em Paraibano.

E agora povo de Paraibano,  ano que vem tem campanha eleitoral Estadual, será que nesse curto espaço de tempo, irão esquecer tudo que está acontecendo???  

A prefeita Aparecida Furtado, diante do despacho, resolveu de fato tomar providências para resolver o imbróglio, além de ter comprado canos novos para o poço P10, a prefeita revelou que vai tentar municipalizar o abastecimento de água em Paraibano, inclusive já fez reunião com os vereadores para tratar do assunto.
WWW.NoticiasdeParaibanoMa.com
“Aqui Você Faz a Notícia”


sábado, 28 de setembro de 2013

PREFEITURA DE PARAIBANO CONSTRUIRÁ 49 CASAS PARA FAMÍLIAS CARENTES FINANCEIRAMENTE

Famílias beneficiadas com as casas, em reunião
Amaury Carneiro
A Prefeitura de Paraibano-MA, administração Aparecida Furtado (PV), através  da secretaria municipal de assistência social, por meio do programa do Governo Federal, Minha Casa Minha Voda, construirá 49 casas populares, a reunião com as famílias contempladas para prestar as últimas informações sobre o projeto, aconteceu ontem (27), na sede da referida Secretaria, com a presença da prefeita Aparecida Furtado, da secretária municipal de assistência social Edivânia Coêlho, representantes da empresa que executará a obra e os chefes das famílias contempladas. 

As unidades habitacionais vão contemplar famílias de baixa renda que atendam ao perfil social exigido pelo programa, que inclui, dentre outros critérios, cidadãos (mulheres e homens) arrimos de família, beneficiários do Bolsa Família, e CNIS (Cadastro Nacional de Informações Sociais).

Segundo a secretária de assistência social Edivânia Coêlho, as casas serão construída em locais aleatórios e, as famílias beneficiadas foram cadastradas pela gestão anterior do município que deu início ao projeto do qual só foi aprovado no final do ano passado. "Foi preciso a administração atual fazer um esforço para que o projeto fosse implantando o mais rápido possível, pois o tempo para execução  do mesmo já estava espirando, e o município perderia a contemplação das casas".Relatou Edivânia.

"Em Paraibano, pode-se observar que tem muitas famílias que conseguem construir suas casas por conta própria, veja os exemplos da Vila Castor, Vila Maurício a "Vila Nova", algumas casas na Vila Aparecida, mas ainda há muitas famílias que não tem condição financeira para construir suas moradias, e graças a Deus, estamos conseguindo projetos para beneficiar estas famílias. Para mim, falar de casa própria é a maior felicidade, pois é muito bom saber que  famílias serão contempladas com suas própria casa para morar,  já conseguimos a liberação de 120 casas e iremos conseguir ainda mais, até o final da minha gestão" Disse a prefeita Aparecida Furtado.

A prefeita aproveitou o ensejo para responder as pessoas que criticam a sua administração." Eu, queria que essas pessoas passassem 24 horas ao meu lado, vendo de perto o meu trabalho. Observem as secretarias, todas estão reestruturadas, com computadores novos e outros equipamentos...

... Já conseguir a liberação do projeto para perfurar  dois poços de grande profundidade e estamos perfurando um com recursos do próprio município para tentarmos solucionar o problema da falta d'água, que tanto preocupa a população ..." completou a prefeita

A Empresa que executará as obras de construção das casas será a Ximenes Engenharia LTDA, que  dará o ponta pé inicial na construção das unidades habitacionais a partir da próxima segunda-feira, 30 de setembro. De acordo com o gerente da empresa o senhor Nonato Santos, a empresa já tem experiência nesse tipo de projeto, ultimamente executou a construção da casas populares em sete municípios do Maranhão e irá construir simultaneamente com o projeto de Paraibano, em mais três cidades.

O valor de cada unidade habitacional custará 28 Mil Reais,e os operários que irão trabalhar na obra serão do próprio município, com o objetivo de gerar emprego e renda por meio de investimento na construção civil.
WWW.NoticiasdeParaibanoMa.com
“Aqui Você Faz a Notícia”

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

POLÍCIA MILITAR REALIZA AUDIÊNCIA SOBRE SEGURANÇA PÚBLICA EM PARAIBANO

Á esquerda - Mesa composta pela Vereadora Célia,
Major Émerson, Juiz  de Direito Carlos Eduardo,
delegado Antonio Luis, Promotor José Emanuel e
Sec. Mun. de Educação Luzia Ribeiro

a direita -  público presente na audiência
Amaury Carneiro

A
 Polícia Militar,  realizou na manhã de ontem, quarta-feira (25), na câmara de vereadores, uma audiência pública para ouvir  os proprietários de bares e casas de eventos de Paraibano-MA, além dos representantes de entidades civis do município, no intuito de melhorar a segurança pública. 
Émerson da Silva, Major da polícia Militar
A reunião foi norteada  pelo comandante da 6ª Companhia Independente da Polícia Militar do Maranhão,  Major Émerson Bezerra da Silva, que de início fez uma explanação referente ao aumento da criminalidade nós últimos anos e o desrespeito às leis de trânsito no município.

A audiência também contou com a presença do senhor Carlos Eduardo, juiz de direito da comarca de Paraibano, do Promotor de Justiça José Emanuel, do delegado da Polícia Civil o senhor Antonio Luis, da secretária municipal de educação luzia Ribeiro e de todos os vereadores, a prefeita Aparecida Furtado, não pôde comparecer porque estava doente, segundo Ana Célia, presidente da câmara que estava lhe representando.

O objetivo principal da audiência era ouvir críticas e sugestões à respeito dos serviços prestados à segurança pública municipal pelos órgãos competentes. Pois o número de delitos praticados na cidade nos últimos anos teve um aumento acentuado.

"A reclamação dos moradores da cidade é quanto à sensação de insegurança que aumentou consideravelmente,  principalmente no último mês, em menos de quinze dias foram três assassinatos ocorridos no município, com isso, a população fica preocupada, e dessa forma, nós viabilizamos essa reunião justamente para tentarmos chegar a um consenso, entre a PM, o Ministério Público, os Poderes Legislativo, Executivo, Judiciário e a Sociedade Civil, pois o artigo 144 da Constituição brasileira diz que a segurança pública é dever do Estado e responsabilidade de todos". Disse o Major Émerson.

O Major, também reafirmou que a Polícia Militar, estará sempre compromissada em melhorar a segurança pública de Paraibano.

Para o promotor de justiça José Emanuel, uma das grandes dificuldades aqui em Paraibano, para resolver certos problemas em relação a funcionamentos de bares e casas noturnas, pontos onde frequentemente acontece alguns delitos, se dá em função de não haver uma lei municipal regulando por exemplo, o horário de funcionamento desses estabelecimentos. Para ele, o código de postura local está defasado. O Promotor ressaltou também a importância da criação de uma guarda municipal para dá apoio a polícia militar. "O estado não pode simplesmente chegar e tomar medidas drásticas , sem ouvir o outro lado, essa é a oportunidade para todos darem sua contribuição, de forma que a gente chegue a uma síntese do que seja melhor para nossa cidade".  Completou o promotor.

De acordo com o Major Émerson, a cidade de Paraibano dispõe de um número muito reduzido de policiais, o que às vezes inviabiliza os PMs, a fazerem um trabalho mais complexo. "A 6ª companhia da PM regional de São João dos Patos,  está recebendo nos próximos dias 45 novos policiais militares, e nós enviaremos até o final deste ano para Paraibano, um efetivo de doze homens, para reforçar a segurança municipal, também uma motocicleta para auxiliar na ronda 24 horas".Completou.

O editor deste blog, sugeriu ao Major, uma ronda diária da PM nas escolas que funcionam no período noturno, para coibir a ação de alguns delinquentes que tentam perturbar a ordem e dificultar os trabalhos dos educadores. Quanto às informações da população para que denuncie qualquer forma de crime às policias, o major disse que já está disponível um celular 24 horas dentro da viatura, para atender a comunidade.
O número do telefone para denúncia é 82386798

A secretária municipal de educação Luzia Ribeiro, ressaltou a necessidade de medidas mais drástica por parte da polícia, em relação aos adolescentes e jovens que ficam fazendo arruaças com motocicletas em frente às escolas, pois essas atitudes de certa forma, contribuem para que alguns alunos deixem de assistir aulas, prejudicando-os em seus estudos e, completou dizendo que a secretaria municipal de educação está a disposição para contribuir no que for necessário para melhorar a segurança pública em nossa cidade.

Ainda de acordo com o Major Émerson, está sendo implantado na região o Projeto GEAPE - Grupo de Apoio às Escolas, que também será implantado em Paraibano.

O Juiz de direito Carlos Eduardo, cobrou dos donos  de bares e casas de eventos uma maior contribuição e respeito às leis, para que  não vendem bebidas alcóolicas para menores, pois segundo ele, o consumo de bebida alcóolica e drogas, estão dentre os fatores que mais contribuem para o aumento da violência em Paraibano.

"Ta na hora de todos terem mais responsabilidade, a gente não está querendo incriminar ou perseguir nenhum proprietário desses estabelecimentos, a gente que entrar em um consenso, seguindo um certo parâmetro, caso não obedeçam,  vamos aplicar as formas da lei" Disse o Juiz de Direito.

Já o delegado da Policia Civil, o senhor Antonio Luis, disse que vários pontos suspeitos de fornecimento de drogas estão sendo investigados, em um trabalho conjunto da Policia Civil e Policia Militar.

Depois dos pronunciamentos das autoridades a plateia presente, em sua maioria proprietários de bares, puderam expor suas críticas e sugestões. A senhora Meire Silva, proprietária do bar central da praça Sérgio Coêlho, foi a que expôs mais críticas e sugestões. Ao final da audiência ficou definido o seguinte.

Horários de funcionamento para alguns eventos:

·                      Serestas, das 8:00h da noite à 1:00h da madrugada;
·                     Danceterias, apenas aos  sábados e domingos das 9:00h da noite à 1:00h da madrugada;
·                     Festas de grande porte em casas de shows, das 9:00h às 3:00 da madrugada
Uso de som automotivo ou em bares e similares

Até as 22:00hs - obedecendo os decibéis permitido por lei, após este horário apenas som ambiente.


Quanto aos  motorista e "motoqueiros" que forem flagrados pilotando alcoolizados, em alta velocidade, usando canos de descargas cerrado ou  "kadron" em motos e empinando pneus, terão o veículo apreendido até que regularizam a situação e paguem as devidas multas.
WWW.NoticiasdeParaibanoMa.com 

quarta-feira, 25 de setembro de 2013

SEDES FIRMA CONVÊNIO PARA RECUPERAR ESTRADAS VICINAIS EM PARAIBANO

Sete povoados de Paraibano serão beneficiados com
recuperação das estradas
O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social e Agricultura Familiar (Sedes), firmou, essa semana, convênio para a recuperação de estradas vicinais dos municípios de Colinas, Paraibano e Lago do Junco. Presente ao ato de assinatura do convênio, o subsecretário da Sedes, Emílio Carlos Murad, informou que as obras de melhorias de caminhos de acesso promoverá a inclusão produtiva, facilitando o acesso dos agricultores familiares aos insumos básicos e aos mercados consumidores.

Segundo o presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Arnaldo Melo, que é o autor da emenda para a realização das obras os benefícios facilitarão a vida de cerca de mais de 600 famílias.

No município de Paraibano,  serão recuperados os caminhos de acesso aos povoados de Ponta da Serra, Buriti do Aldo, Cana Brava, Sossego do Paulinho, Jatobá do Caboclinho, Terra Vermelha, Varzinha e a BR 230, totalizando uma extensão de 24,30 km em obras. Para isso, serão disponibilizados R$ 360.325,84, sendo R$342.309,55 cedidos pelo Governo do Estado, em contrapartida R$ 18.016,29 da Prefeitura de Paraibano.

“São estradas que necessitam de recuperação com urgência, levando em consideração as 400 famílias que habitam nestes povoados. Nossa parceria com a Sedes beneficiará a zona rural, que terá boas condições de tráfego, facilitando, assim, o escoamento dos produtos da agricultura familiar”, afirmou a prefeita de Paraibano, Aparecida Furtado.
WWW.NoticiasdeParaibanoMa.com
“Aqui Você Faz a Notícia”                                            Fonte: (SEDES)


POLÍCIA CIVIL PRENDE SUSPEITO DE TER COMETIDO ASSASSINATO

Amaury Carneiro
Anglézio Pereira de Sousa
A Polícia Civil e Militar,  prendeu por volta das 2:00 horas da manhã desta quarta-feira, 25, na cidade de Pastos Bons-MA, Aglézio Pereira de Sousa,de aproximadamente 30 anos de idade, principal suspeito de ter assassinado Junior Cesar Duarte, o crime ocorreu no último dia 22, no povoado "Viados". Aglézio, é acusado também de porte ilegal de armas e tráfico de drogas.

Com ele foram encontrados em sua cintura, dois revolver calibre 38, uma faca e uma quantia em dinheiro no valor de 780,00, setecentos e oitenta reais que segundo o delegado regional da Polícia Civil, o senhor Taveira, esse dinheiro pode ser saldo de um assalto cometido pelo acusado no ultimo domingo em um posto de combustível na cidade de Pastos Bons.
A população de Pastos bons e região andava assombrada com medo deste elemento, o delegado afirmou que a partir de agora a população de Pastos bons terá sossego, pois, o perigoso bandido saiu de circulação.

De acordo com o delegado da Polícia Civil em Paraibano, Senhor Antonio Luis, o criminoso foi transferido para para o complexo prisional de Pedrinhas, em São Luis, onde aguardará julgamento da justiça. A polícia civil continuará investigando o caso do homicídio, para identificar a participação dos demais suspeitos.

terça-feira, 24 de setembro de 2013

POLÍCIA CIVIL INVESTIGA OS TRÊS HOMICÍDIOS OCORRIDOS EM PARAIBANO, EM DOIS FINS DE SEMANAS


Sr. Antonio Luis, delegado da Polícia Civil
 em Paraibano-MA

"Todo mundo critica, todo mundo quer dizer alguma coisa, mas não ajuda e isso dificulta a ação da polícia". Diz o delegado Antônio Luis

Amaury Carneiro
Em um  intervalo de apenas oito dias,  entre sábado 14 de setembro e o último domingo 22, a polícia civil registrou três assassinatos em Paraibano-MA. Por se tratar de uma cidade pacata, a proporção dos crimes em relação ao número de habitantes, assusta os moradores.

De acordo com o delegado de Polícia Civil, o senhor Antônio Luis, os crimes ocorreram motivados por acertos de contas, supostamente por envolvimento com o tráfico de drogas, rixa ou vingança, essas são as principais hipóteses levantadas pela Polícia Civil para tentar explicar a série de três homicídios que aconteceram nos últimos dois fins de semanas. 


O editor deste blog de notícias foi ouvir o delegado da PC, para prestar mais informações à população.


Confira os relatos do delegado, Senhor Antonio Luis:

ASSASSINATO EM FRENTE A DANCETERIA

"O primeiro crime ocorrido nas proximidades da danceteria metrópole, no dia 15 de setembro, já estava cogitado que iria acontecer a qualquer momento, tendo em vista , que existe em Paraibano, uma facção de menores ingerindo muita bebida alcoolica e consumindo muitas drogas. Nós estamos sempre fazendo audiências ouvindo menores, orientando as famílias à procurarem a polícia, pois essas famílias  não toleram mais esse jovens infratores, nem dentro de suas próprias casas, em função de chegarem drogados e alcoolizados ao ponto de ameaçar até mesmo os seus pais, e esses pais já não tem um controle sobre seus filhos. Portanto todos esse fatores geram essa violência que culminou com a morte daquele jovem".

O CASO DA ZONA RURAL - NO POVOADO CATINGUEIRO

"Este caso também ocorrido no dia 15, está sendo investigado, assim como os demais, já conversamos com a irmã da vítima, e segundo ela, o mesmo nem era daqui " tava" morando no povoado Catingueiro, a apenas quatro anos, e esse rapaz já tinha uma passagem pela polícia, por um homicídio ocorrido nas proximidades da cidade de Tuntun-MA, portanto pode ter sido uma vingança o que aconteceu, infelizmente o crime aconteceu no município de Paraibano, mais a motivação não foi gerada aqui".

A ÚLTIMA VÍTIMA...

"Esse último crime que aconteceu neste fim de semana,  provavelmente também foi por motivo de vingança, o crime ocorreu no município de Pastos Bons-MA, e a vítima era suspeita de ter participado de um outro crime ocorrido naquela cidade, portanto o que acontece, é que alguns  homicídios acontecem na região de outro município, as pessoas envolvidas as vezes são de Paraibano, e assim, a cidade leva a fama, por isso é bom esclarecer que a origem de muitos crimes nem sempre é da a cidade de Paraibano; como foi o caso que aconteceu em 2011, com o dono de um supermercado que foi executado em frente o seu estabelecimento, a vítima passou a vida morando fora, quando resolveu vir mora aqui na cidade, foi assassinada, foi vitimado em Paraibano, mas, não por pessoas daqui, não tem nada a ver, o caso teve origem em outra região."

OS SUSPEITOS DE TEREM COMETIDO OS HOMICÍDIOS...

"Em relação a esses três casos, temos dois de autoria conhecida com os suspeitos já identificados, apenas no caso do povoado Catingueiro, o suspeito de cometer o crime ainda não foi reconhecido. O assassinato ocorrido no domingo dia 22,  a gente já sabe quem é o rapaz assassino; ele cometeu o crime por encomenda e a polícia civil vai prendê-lo até o próximo fim de semana".

Quanto a participação de mais um elemento ou algum menor como co-autor nesses três homicídios, o delegado disse que ainda está investigando.

 "A polícia Civil está sempre fazendo investigação, nós temos dificuldades quanto às informações, porque as pessoas não querem passar informações para polícia, todo mundo critica, todo mundo quer dizer alguma coisa, mas não ajuda e isso dificulta a ação da polícia

Prendemos no final de agosto um traficante de drogas, ele foi preso em flagrante delito já foi sentenciado e está cumprindo pena." Completou o delegado

Segundo o delegado Antônio Luis, a sociedade tem que informa à policia, quem realmente são os traficantes, aqueles que vedem a droga e não  o usuário.

"Culpar a  polícia é muito fácil, a desestrutura familiar contribui muito para esse tipo de violência, é preciso participação ativa da família, pois se você não consegue controlar seu filho, fica fácil jogar a responsabilidade só pra policia, quanto na verdade nós estamos aqui pra interver no último caso, depois do sistema familiar e educacional, portanto a segurança pública é responsabilidade de toda a sociedade e não apenas das polícias". Disse Antonio Luis.

Ainda de acordo com o delegado, a polícia civil em Paraibano, tem um deficit muito grande de agentes, só tem um investigador da PC, em razão dessas dificuldades e de pessoal pra trabalhar os criminosos  aproveitam da situação pra praticarem crimes e criar problemas para a população. Quanto aos nomes dos envolvidos a polícia preferiu não divulgar para não atrapalhar as investigações. Os três casos são caracterizados como homicídio doloso, quando há intenção de matar.

É pessoal, como se já não bastasse a eterna falta d'água, agora a falta de segurança, aonde vamos parar????
WWW.NoticiasdeParaibanoMa.com
“Aqui Você Faz a Notícia”



segunda-feira, 23 de setembro de 2013

PARTIDO DE LULA E DILMA GANHA FÔLEGO NO MARANHÃO PARA ROMPER COM A OLIGARQUIA SARNEY


Flávio Dino e a presidente Dilma Rousseff: PT de volta às suas origens
Flávio Dino e a presidente Dilma Rousseff:
 PT de volta às suas origens
O Estado de São Paulo Online
Iniciada na campanha presidencial de 2002, a até hoje inabalável relação de amizade e lealdade entre os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e José Sarney será colocada à prova em 2014. A cúpula nacional do PT considera remota a hipótese de promover uma nova intervenção no Maranhão para forçar o apoio ao candidato do clã que domina o Estado há décadas.

Só uma ação direta de Lula poderia mudar esse cenário e reprisar 2010, quando o diretório estadual petista decidiu apoiar Flávio Dino (PC do B) contra Roseana Sarney (PMDB), mas foi desautorizado pela direção nacional. Atual presidente da Empresa Brasileira de Turismo (Embratur), Dino já articula a formação de um palanque que inclui o PSDB, o PSB do governador de Pernambuco, Eduardo Campos, e a Rede da ex-senadora Marina Silva.

Isso significa que o clã Sarney corre risco de entrar na campanha sem apoio de nenhum candidato a presidente. “Flávio Dino está abrindo espaço para o PDT, PSB e PSDB. Nossa condição é participar da chapa majoritária. Ainda estamos conversando se será na vice da chapa ou com candidato ao Senado” diz o deputado Carlos Brandão, presidente do PSDB no Maranhão.

PARA CONTINUAR LENDO CLIQUE AQUI


domingo, 22 de setembro de 2013

PRIMAVERA COMEÇA NESTE DOMINGO COM TEMPERATURAS NAS ALTURAS NO MA



Profº. Amaury Carneiro
O Brasil e todo o hemisfério Sul entram na primavera às 17h44 (horário de Brasília) deste domingo (22). A estação das flores marca o retorno gradativo da chuva na maior parte do País, com exceção do Nordeste, aqui no Estado do Maranhão, por exemplo as temperaturas estão sempre beirando os 41º graus.
WWW.NoticiasdeParaibanoMa.com
“Aqui Você Faz a Notícia”

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

BOATO SOBRE SUSPENSÃO E REDUÇÃO DO BENEFÍCIO DO BOLSA FAMÍLIA CONTINUA CAUSANDO ALVOROÇO EM PARAIBANO

Maria de Jesus, beneficiária do Bolsa Família,
 mãe de 4 filhos e gestante do quinto,
moradora do Residencial João Furtado,
Prof. Amaury Carneiro
Quatro meses após boatos sobre o Bolsa Família, causarem filas e tumultos pelo país, um recadastramento do programa continua causando um certo alvoroço e desentendimento entre os beneficiários  em Paraibano-MA. O principal motivo é a redução do valor do benefício recebido por alguns integrantes do programa.

A senhora Francisca Fernandes,moradora do residencial João Furtado é  casada mãe de dois filho,  sustenta a família com o dinheiro recebido pelo benefício e da roça do marido. " Recebia R$ 134,00, aumentou para R$ 280,00, no mês de agosto só recebi R$ 64,00" Disse Francisca, ao editor deste blog de notícias.

Já para Maria de Jesus de 26 anos, mãe de quatro filhos e gestante do quinto, o benefício no valor de R$ 300,00 - nunca diminuiu segundo ela, que também sobrevive com o dinheiro do bolsa família e da baixíssima renda do marido que é lavrador. 

“Este caos entre os beneficiários do bolsa família aqui de Paraibano, é causado simplesmente pela falta de informação dos mesmos” Disse Gil Clean, ex-gestor do programa no município.

Segundo Gil, o governo faz recadastramento periodicamente e aquelas famílias que não se enquadram mais no perfil do programa, são cortadas automaticamente do sistema, outras tem o valor do benefício reduzido por ter aumentado a renda na família.

A secretária municipal de assistência social, Edivânia Coêlho, disse ao blog que já ficou mais de uma hora na rádio liberdade FM, já realizou reuniões, explicando como funciona o recadastramento, e mesmo assim,  os beneficiários continuam tendo dificuldades em entender como funciona o sistema. "Estamos agendando uma palestras com representantes do programa Bolsa Família do estado do Maranhão,  para vir a Paraibano, e juntos prestarmos ainda mais esclarecimento aos integrantes do programa, sobre como é feito os recadastramentos" Completou Edivânia.

De acordo com os registros de junho de 2013 do Cadastro Único e com a folha de pagamento de julho de 2013 do Programa Bolsa Família, o município de Paraibano conta com:

5.998 famílias registradas no Cadastro Único

3.563 família beneficiadas do Programa Bolsa Família (58,72% da população)

Total pago no mês de julho às famílias beneficiadas R$ 715.694,00

Uma porcentagem considerada alta, que reflete diretamente no IDH - (Índice de Desenvolvimento Humano) do município, que segundo os últimos dados divulgados pelo IBGE, na região,  Paraibano,  só ficou à frente de Sucupira do Norte e Sucupira do Riachão, no que tange o IDH, uma vergonha e do jeito que as coisa vão provavelmente o índice tende a piorá nos próximos anos.

Na verdade os programas sociais do governo são os principais responsáveis pela forte votação que Lula e Dilma conservam entre a população de mais baixa renda e menos escolarizada, base para a solidez de sua popularidade e onde foi buscar o apoio que lhe falta em outras áreas da opinião pública, numa metamorfose política radical, indo dos grandes centros urbanos para mediação direta com o eleitorado dos grotões. Ao ler uma entrevista com o ex-presidente do PSDB, Tasso Jereissati, ele chamou Lula, de "coronel do século XXI", que troca votos pelo assistencialismo. Mesmo que sejam necessários à chamada "rede de proteção social", os três programas mais vistosos do governo - Bolsa Família, crédito consignado e agricultura familiar - acabam caindo no assistencialismo puro e simples. Não seria melhor transformar o assistencialismo em promoção de empregos direto, com qualificação profissional?!

 
O Bolsa Família

O Programa Bolsa Família é um programa de transferência direta de renda que beneficia famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza em todo o país. O Bolsa Família integra o Plano Brasil Sem Miséria, que tem como foco de atuação os 16 milhões de brasileiros com renda familiar per capita inferior a R$ 70 mensais e está baseado na garantia de renda, inclusão produtiva e no acesso aos serviços públicos.

O Bolsa Família possui três eixos principais: a transferência de renda promove o alívio imediato da pobreza; as condicionalidades reforçam o acesso a direitos sociais básicos nas áreas de educação, saúde e assistência social; e as ações e programas complementares objetivam o desenvolvimento das famílias, de modo que os beneficiários consigam superar a situação de vulnerabilidade.

Todos os meses, o governo federal deposita uma quantia para as famílias que fazem parte do programa. O saque é feito com cartão magnético, emitido preferencialmente em nome da mulher. O valor repassado depende do tamanho da família, da idade dos seus membros e da sua renda. Há benefícios específicos para famílias com crianças, jovens até 17 anos, gestantes e mães que amamentam.

A gestão do programainstituído pela Lei 10.836/2004 e regulamentado pelo Decreto nº 5.209/2004, é descentralizada e compartilhada entre a União, estados, Distrito Federal e municípios. Os entes federados trabalham em conjunto para aperfeiçoar, ampliar e fiscalizar a execução.

A seleção das famílias para o Bolsa Família é feita com base nas informações registradas pelo município no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, instrumento de coleta e gestão de dados que tem como objetivo identificar todas as famílias de baixa renda existentes no Brasil.

Com base nesses dados, o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) seleciona, de forma automatizada, as famílias que serão incluídas para receber o benefício. No entanto, o cadastramento não implica a entrada imediata das famílias no programa e o recebimento do benefício.

WWW.NoticiasdeParaibanoMa.com
“Aqui Você Faz a Notícia”

PERSEVERANÇA : ‘VENCI’, DIZ EX-CATADORA DE LATINHAS QUE PASSOU EM CONCURSO DO TJ

Raquel Morais Do G1
Uma catadora de latinhas do Distrito Federal conseguiu passar em um concurso de nível médio do Tribunal de Justiça estudando apenas 25 dias. Com isso, ela trocou uma renda mensal de R$ 50 por um salário de R$ 7 mil. “Foi muito difícil. Hoje, contar parece que foi fácil, mas eu venci”, afirma. Agora, ela diz que pensa em estudar direito.
marilene
Ex-catadora de latinhas Marilene Lopes e os
filhos em frente ao barraco em que moravam
em uma invasão em Brazlândia, no Distrito Federal
(Foto: Marilene Lopes/Arquivo pessoal)


Sem dinheiro nem para comprar gás e obrigada a cozinhar com gravetos, Marilene Lopes viu a vida dela e a da família mudar em 2001, depois de ler na capa de um jornal a abertura das inscrições para o concurso do Tribunal de Justiça do Distrito Federal.

Ela, que até então ganhava R$ 50 por mês catando latinhas em Brazlândia, a cerca de 30 quilômetros de Brasília, decidiu usar os 25 dias de repouso da cirurgia de correção do lábio leporino para estudar com as irmãs, que tinham a apostila da seleção. Apenas Marilene foi aprovada.

“Minha mãe disse que, se eu fosse operar, ela cuidava dos meninos, então fui para a casa dela. Minha mãe comprou uma apostila para as minhas irmãs, aí dei a ideia de formarmos um grupo de estudo. Íamos de 8h às 12h, 14h às 18h e de 19h às 23h30. Depois eu seguia sozinha até as 2h”, explica.
O esforço de quase 12 anos atrás ainda tem lugar especial na memória da família. Na época, eles moravam em uma invasão em Brazlândia.

Marilene já havia sido agente de saúde e doméstica, mas perdeu o emprego por causa das vezes em que faltou para cuidar das crianças. Como os meninos eram impedidos de entrar na creche se estivessem com os pés sujos, ela comprou um carrinho de mão para levá-los e aproveitou para unir o útil ao agradável: na volta, catava as latinhas de alumínio.

Segundo ela, a situação durou um ano e meio, e na época a família passava muita fome. “Nunca tinha nem fruta para comer. Eu me lembro que passei um ano com uma só calcinha. Tomava banho, lavava e dormia sem, até secar, para vestir no outro dia. Roupas, sapato, bicicleta [os filhos puderam ter depois da aprovação no concurso]. Nunca tive uma bicicleta”, conta.

Mesmo para se inscrever na prova Marilene, que é técnica em enfermagem e em administração, encontrou dificuldades. Ela lembra ter pedido R$ 5 a cada amigo e ter chegado à agência bancária dez minutos antes do fechamento, no último dia do pagamento. E o resultado foi informado por uma das irmãs, que leu o nome dela no jornal.

“Tinha medo [de não passar] e ao mesmo tempo ficava confiante. Sabia que se me dedicasse bem eu passaria, só precisava de uma vaga”, diz. “Dei uma flutuada ao ver o resultado. Pedi até para minha irmã me beliscar.”
Ganhando atualmente R$ 7 mil, a técnica judiciária garante que não tem vergonha do passado e que depois de formar os cinco filhos pretende ingressar na faculdade de direito. “Mesmo quando minhas colegas passavam por mim com seus carros e riam ao me ver catando latinhas com o meu carrinho de mão eu não sentia vergonha. E meus filhos têm muito orgulho de mim, da nossa luta. Eles querem seguir meu exemplo.”

Servidora do Tribunal de Justiça do Distrito Federal
Marilene Lopes, que foi catadora de latinhas
(
Foto: Marilene Lopes/Arquivo pessoal)
Marilene já passou pelo Juizado Especial de Competência Geral, 2ª Vara Cível, Órfãos e Sucessões de Sobradinho, 2ª Vara Criminal de Ceilândia, 12ª Vara Cível de Brasília e Contadoria. A trajetória dela inspira os colegas. Por e-mail, o primeiro chefe, o analista Josias D’Olival Junior, é só elogios. “A sua história de vida, a sua garra e o seu caráter nos tocavam e nos inspiravam profundamente.”
A técnica afirma ainda que não se arrepende de nada do que passou, nem mesmo de ter tido cinco filhos – como diz terem comentado amigos. “Ainda hoje choro quando me lembro de tudo. Eu não tinha gás e nem comida e não ia falar pra minha mãe. Se falasse, ela me ajudaria, mas achava um abuso. Além de ficar 25 dias na casa dela, comendo e bebendo sem ajudar nas despesas, ainda ia pedir compras  ou o dinheiro para o gás? Ah, não. Então assim, quando passei, foi como se Deus me falasse ‘calma, o deserto acabou’.”
Da época de catar latinhas, Marilene diz que mantém ainda a qualidade de ser supereconômica. Ela afirma que não junta mais alumínio por não encontrá-los mais na rua. “As pessoas descobriram o valor, descobriram que dá para vender e juntar dinheiro”. Já as irmãs com quem estudou, uma se formou em jornalismo em 2011 e outra passou quatro anos depois no concurso do TJ de Minas Gerais, e foi lotada em Paracatu.

Dificuldades

O primeiro problema enfrentado por Marilene veio na posse do concurso. A cerimônia ocorreu três dias após o nascimento do quinto filho, em um parto complicado. A médica não queria liberá-la para a prova, mas só consentiu com a garantia de que ela voltaria até 18h30. Por causa do trânsito, a catadora se atrasou em uma hora.

“A médica chamou a polícia dizendo que eu tinha abandonado meu filho. É que eu estava de alta, mas o bebê não, e ele precisava tomar leite no berçário enquanto eu estivesse fora”, lembra. “A enfermeira ligou para a polícia do hospital e explicou a situação e aí pararam de me procurar. A médica me deixou com o problema e foi embora, no término do plantão dela.”

Resolvida a situação, Marilene e a família viveram bem até 2003, quando o marido resolveu sair de casa. O homem, que já havia sido preso por porte ilegal de arma, havia “se deslumbrado” com a situação econômica da mulher. A casa e o carro comprados a partir do salário do tribunal precisaram ser divididos.

Atualmente, ela mora com os filhos na casa de um amigo, na Estrutural, enquanto aguarda a entrega de um apartamento de três quartos em Águas Claras. Marilene tem uma moto e, junto com uma das irmãs, está pagando um consórcio para comprar um carro zero.

quinta-feira, 19 de setembro de 2013

ALENTO À CORRUPÇÃO: MENSALEIROS PODEM SE LIVRAR DA CADEIA

Advogados dos réus - O ministro do STF Celso de Mello 
desempata a disputa que decide se 12 réus do julgamento do 
mensalão no Supremo Tribunal Federal (STF) terão 
direito a usarum recurso chamado embargo infringente, que garante
 novo julgamento para condenaçõespor placares apertados, 
com pelo menos quatro votos pela absolvição - 
Joel Rodrigues/Frame/Folhapress
Vitória dos corruptos: mensaleiros podem se livrar da condenação por quadrilha – e da cadeia

Veja Online
Com o voto decisivo do ministro Celso de Mello, a sessão desta quarta-feira no Supremo Tribunal Federal (STF) expôs a face mais perversa da Justiça brasileira: a infinidade de recursos que, a pretexto de garantir amplo direito à defesa, fazem a delícia dos criminosos e a fortuna dos criminalistas. Devido às omissões e incongruências da legislação, mensaleiros obtiveram no plenário uma decisão que, na prática, desautoriza sentenças emitidas pelo próprio colegiado. Passadas 64 sessões, 11 delas dedicadas à análise dos recursos, a maioria dos ministros aceitou uma certa modalidade de apelação, chamada embargo infringente, que leva ao reexame das condenações - e, na prática, a um novo julgamento. Com isso, fica indefinidamente adiado o desfecho do processo. Condenações poderão ser comutadas em absolvições, penas em regime fechado poderão ser abrandadas, crimes poderão prescrever e - mais grave - o simbolismo do julgamento, que pareceu inaugurar um tempo de maior rigor no combate aos crimes contra a administração pública, será diluído ou mesmo anulado.


O Supremo tem agora pela frente um longo e incerto caminho: a publicação de novo acórdão em razão dos embargos declaratórios, concluídos na semana retrasada; o eventual julgamento de novos embargos de declaração (a propósito do novo acórdão); o recebimento dos embargos infringentes, réu por réu (e já ficou estabelecido que eles terão prazo de 30 dias para apresentá-los); a relatoria, que, por sorteio realizado nesta quarta, caberá ao ministro Luiz Fux; considerações da defesa e da Procuradoria-Geral da República (agora sob novo comando) e, enfim, sabe-se lá quando, o segundo julgamento (após o que, eventualmente, novos embargos de declaração e novo acórdão). É impossível prever quando o caso chegará ao fim. Levará 'anos a fio', para o Ministério Público. Ficará para a 'eternidade', segundo o ministro Joaquim Barbosa, presidente da corte e relator do processo do mensalão.

Como diz o renomado jornalista Boris Casoi. "ISTO É UMA VERGONHA"

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

SAÚDE E OFERTA DE TRABALHO / NEUROPSICOLOGIA O QUE?



NoticiasdeParaibanoMa.com
A Neuropsicologia é a especialidade da Psicologia que envolve o estudo das relações existentes entre o cérebro e as manifestações do comportamento humano. É fundamentada nos propósitos de diagnóstico, planejamento e cuidado ao paciente, tratamento e pesquisa. Teve origem a partir dos conhecimentos adquiridos da Neurologia e da Psicologia e dedica-se na investigação de como diferentes lesões cerebrais causam déficits em diversas áreas da cognição.Tais conhecimentos têm evoluído e se modificado nas últimas três décadas, criando condições para o desenvolvimento de métodos específicos de avaliação.
Avaliação Neuropsicológica, em que consiste?
A avaliação neuropsicológica é o exame detalhado das funções mentais, conhecidas como funções cognitivas.
É através de um conjunto de testes e procedimentos padronizados que o neuropsicólogo realiza a avaliação de funções como memória, raciocínio, atenção, percepção, linguagem, funções executivas e motoras, tendo como objetivo diagnosticar os efeitos cognitivos e comportamentais causados por uma desordem neurológica. Assim, o uso de instrumentos adequados na avaliação neuropsicológica permite analisar detalhadamente a relação entre o comportamento do indivíduo e o seu funcionamento cerebral, possibilitando identificar além de algum comprometimento funcional neurológico também as áreas preservadas.
 De um modo geral o objetivo da avaliação neuropsicológica é auxiliar no diagnóstico, na compreensão da extensão das perdas funcionais, estabelecer tipos de intervenção específica e adequada, além de desenvolver um plano de reabilitação para cada caso.
Aplica-se em crianças, adultos e idosos que apresentam alguma alteração cognitiva, emocional ou comportamental associada ás diversas patologias, lesões ou disfunções que afetam o sistema nervoso central. 
Fabiana Silvestre, Neuropsicóloga

OFERTA DE TRABALHO

A neuropsicóloga Fabiana Silvestre - natural de Paraibano, atende em Teresina-PI, no Hospital HTI espaço vida, localizado na Rua Coêlho de Resende, Marquês - e no consultório clínico particular, na Avenida Vilmary, 2060, sala 07- Jokey - espaço Wilmary.

Fabiana, está disponibilizando seus atendimentos também aqui para o Estado do Maranhão, caso algum gestor municipal ou empresário necessite de seus serviços, basta entrar em contato através dos seguintes telefone: 86-4009-1110 / 86-88182709. ou pelo email: fsilvestre2011@gmail.com