quinta-feira, 31 de outubro de 2013

FALECEU O EX-JUIZ DE DIREITO DR. ODON CARVALHO

Dr. Odon, era um fanático torcedor do
time do Vasco da Gama
Faleceu  ontem (30/10), às duas da manhã, o advogado e ex-juiz de direito em Paraibano-MA e  Colinas-MA,  Odon Francisco de Carvalho,  aos 65 anos. Ele se encontrava muito debilitado, devido a uma cirurgia feita para colocação de uma válvula em seu coração.

O jovem Odon Francisco de Carvalho, após formar-se em direito na Paraíba, passou a advogar na cidade de Imperatriz. Ingressando  na magistratura maranhense, iniciou seu trabalho de juiz na comarca de paraibano,  onde fez bons e relevantes trabalhos  ao povo desta terra. De Paraibano, foi transferido para a comarca de Colinas e em seguida para a de Açailândia e, depois, para a capital.

 Quando completou o tempo de serviço necessário à aposentadoria, dr. Odon deixou a magistratura, voltando a atuar como advogado, na cidade de São Luís,  Paraibano e Colinas, onde montou escritório com seu genro, o advogado Lamarck Cristine. Nas últimas eleições da ordem dos advogados do maranhão (oab/ma), no ano passado, dr. Odon Carvalho, comandou o pleito, como presidente da comissão eleitoral, tendo desenvolvido irrepreensível trabalho, com ilibada conduta, reconhecido por todos.

O corpo do Dr. Odon foi velado no salão de velórios da pax união, em são luís, com a presença de familiares, magistrados, advogados e grande número de amigos, tendo a oab/ma lhe prestado homenagem com registro em seu site de sua morte  e remessa de coroa de flores. Seu enterro ocorreu no parque da saudade, no araçagy. O pranteado advogado deixa viúva e três filhos.   
Fonte: oabma.gov.br

DEP. ROGÉRIO CAFETEIRA DESTACA LIBERAÇÃO DE RECURSOS PARA OBRA EM PARAIBANO

Dep. Estadual Rogério Cafeteira,
na tribuna da assembleia
O deputado Rogério Cafeteira (PSC) anunciou, em sessão da Assembleia Legislativa do Maranhão, a destinação de recurso, oriundo de emenda parlamentar apresentada pelo senador Cafeteira, para a construção de poço artesiano no município de Paraibano-MA. 

Ele agradeceu ao senador Cafeteira, em nome da prefeita Aparecida Furtado, da presidente da Câmara Municipal Célia e da vereadora Valdênia Sá, o empenho no sentido de resolver o problema no abastecimento de água da cidade. A emenda é no valor de R$ 1 milhão de reais, oriundo da Funasa.

Rogério Cafeteira, falou sobre a primeira visita técnica ao local onde será construído o poço, que foi realizada na segunda-feira (28/10) e, segundo os geólogos, terá uma vazão suficiente para solucionar o problema do centro de Paraibano, assim como foi publicado aqui neste blog de notícias.


Deputado em visita na última
segunda-feira ao terreno
onde será perfurado o poço em
Paraibano
“Eu quero agradecer mais uma vez ao senador Cafeteira que, atendendo ao meu apelo e da prefeita de Paraibano, teve essa motivação de destinar essa Emenda”, disse o parlamentar, destacando ainda que a presidente Dilma não é muito maleável na liberação das emendas, por isso o empenho do senador Cafeteira foi fundamental para que ocorresse essa liberação.
Fonte: Secom e Site da Passagem Franca.com.br

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

ESCOLA MUNICIPAL ADONIAS LACERDA SOB NOVA DIREÇÃO

Alunos no novo pátio coberto da escola

Amaury Carneiro Paraibano-MA

Desde o mês de julho de 2013, a escola municipal Adonias Lacerda, em Paraibano-MA, está sob nova direção. A  professora Eliene Oliveira, ex-coordenadora, assumiu a direção geral e o professor Raimundo Augusto,  assumiu o cargo de coordenador escolar. 
No alto: alunos lanchando e diretora Eliene
 na sala de informática
/
em baixo: Alunos pesquisando na biblioteca
ao lado do coordenador Raimundo Augusto
O novo coordenador  deixou claro que veio para somar e continuar os projetos que estavam implantados na escola e inovar o que precisa.

 “Nós, assumimos essa tarefa nos confiada pela prefeita Aparecida Furtado, com o intuito de dá continuidade aos projetos que estavam dando certo e implantar mais projetos que visem a melhorar o processo ensino aprendizagem, torcemos para que alcancemos nosso objetivo”. Disse o coordenador Raimundo Augusto.

A ex-diretora geral Luzia Ribeiro, teve que se afastar para assumir o cargo da secretaria municipal de educação. Desde então, a escola tem passado por um grande processo de mudança no que tange nova organização da instituição e reforma do prédio, feita pela prefeitura municipal administração Aparecida Furtado.

“Já implantamos uma biblioteca dentro da escola para dá apoio as pesquisas dos alunos e dos professores, também já estamos com a sala de informática funcionando, pois estava fechada há muito tempo, inclusive os alunos já estão tendo curso de informática, concluímos o processo de informatização da secretaria da escola, com internet e sistema wi-fi, para dá mais agilidade aos trabalhos;  estamos servindo lanche de boa qualidade aos alunos nos três turnos, enfim, estamos trabalhando para oferecer aos alunos e professores um ambiente de trabalho saudável e de qualidade, sempre com o apoio da prefeita Aparecida Furtado, que em breve irá inaugurar a reformar da escola que ganhou inclusive uma cobertura para o pátio” Concluiu o coordenador, Raimundo Augusto.
WWW.NoticiasdeParaibanoMa.com
“Aqui Você Faz a Notícia” 

O DESESPERO DO CLÃ SARNEY

 Sob o risco de perder o poder no Maranhão pela primeira vez em quase meio século, a família do ex-presidente lança campanha predatória contra o principal candidato da oposição (Matéria exclusiva da revista, Isto È)


2.jpg
CAMINHOS INCERTOS
A governadora do Maranhão, Roseana Sarney, e
seu pai: denúncias para atingir os adversários

Claudio Dantas Sequeira
Em quase meio século de domínio no Maranhão, o clã Sarney nunca correu tanto risco de perder o poder. Os sinais de esgotamento começaram a surgir nos protestos que tomaram as ruas de São Luís em junho e ganharam mais substância nas últimas pesquisas de intenção de voto para 2014. Em todas elas, os candidatos apoiados por José Sarney, inclusive sua filha Roseana, atual governadora, patinam em índices de popularidade incomuns para quem ditou os rumos políticos do Estado por tanto tempo. A maior ameaça à hegemonia dos Sarney chama-se Flávio Dino, que lidera as pesquisas para o governo do Estado com quase 60% de apoio, índice que o credencia a liquidar a eleição no primeiro turno. Exatamente por isso, o ex-deputado federal do PCdoB, ex-juiz e atual presidente da Embratur tornou-se alvo de uma campanha implacável de difamação que expõe o desespero de quem não está acostumado a ser oposição.

Um dos principais escudeiros da família Sarney na batalha contra Dino é o deputado federal Chiquinho Escórcio (PMDB/MA), que tem feito uma devassa nas contas da Embratur em busca de problemas que comprometam o presidente do órgão. Escórcio acaba de protocolar requerimento ao Ministério do Turismo questionando a Embratur sobre a decisão de abrir 13 escritórios de representação no Exterior. Ele também denunciou Dino à Comissão de Ética Pública da Presidência, acusando-o de usar o cargo para fazer campanha antecipada no Estado. “Dino trabalha em Brasília de segunda a quarta e viaja na quinta para o Maranhão. Quem você acha que está pagando isso?”, questiona Escórcio. Com a experiência de quem já travou nas urnas uma disputa com os Sarney em 2010, Dino diz que não cometeria tal deslize. 


“Todas as viagens não oficiais são pagas pelo PCdoB ou por mim”, garante. O presidente da Embratur diz que fica no órgão até o meio-dia de sexta-feira e só faz campanha depois das 18 horas.
SARNEY-03-IE-2293.jpg
ALVO
Presidente da Embratur e rival dos Sarney,
Flávio Dino lidera as pesquisas para governador
 
As denúncias feitas por Escórcio ganharam destaque nos veículos que integram o Sistema Mirante de Comunicação, da família Sarney. No domingo passado, o jornal “O Estado do Maranhão” publicou reportagem sobre obras-fantasmas que teriam recebido emendas parlamentares do próprio Dino, quando era deputado federal. Foram R$ 5,6 milhões para a construção de ginásios e campos de futebol na cidade de Caxias. As obras, porém, existem e já foram inauguradas. Há poucos dias, Dino teve que se defender de outra denúncia, a de que recebia salário da Universidade Federal do Maranhão mesmo sem dar aula. Uma nota oficial da própria universidade desmentiu a acusação. Os sucessivos ataques do clã Sarney levaram Dino a revidar. Em denúncias ao Ministério Público, acusa o secretário de Infraestrutura do Maranhão e pré-candidato ao governo, Luis Fernando Silva, de usar helicóptero oficial para reuniões partidárias. O PCdoB de Dino também questiona o que chama de “manipulação do orçamento” por parte da governadora Roseana Sarney. “A análise da lei orçamentária mostra que Roseana cortou verbas de saneamento, educação e segurança pública, enquanto triplicou o orçamento de Infraestrutura, pasta do pré-candidato deles”, afirma o deputado estadual Rubens Júnior (PCdoB). 
1.jpg 
O ex-presidente também entrou na briga. Nos artigos que publica aos domingos em seu jornal, Sarney encarna o papel de vítima e se diz perseguido por uma oposição movida por “ódio, inveja, ressentimento e ambição desmedida”. O grau de irritação do velho senador aumentou depois que o Palácio do Planalto se mobilizou em prol de Dino. Sarney ameaçou sabotar o palanque de Dilma em vários Estados e agora negocia uma solução para o imbróglio. Na quinta-feira, arquitetou-se em Brasília um plano para um acordo capaz de agradar às duas partes. O vice-governador de Estado, Washington Luiz de Oliveira, do PT, trocaria o governo por um assento vitalício no Tribunal de Contas. Assim, Roseana poderia se licenciar para concorrer ao Senado sem o risco de um petista assumir o governo e virar a máquina estadual contra o PMDB. O Palácio do Planalto apoiaria Roseana e tentaria interditar o palanque estadual para Eduardo Campos. O problema é que o PSB de Campos é aliado tradicional do PCdoB e Dino já se comprometeu com o socialista. “Podemos abrir o palanque para todos os aliados que tiverem candidatos à Presidência, inclusive o PT”, diz Dino. A batalha, como se vê, exige uma complexa engenharia política. A única certeza é que, pela primeira vez em muitos anos, os Sarney têm motivos reais para entrar em desespero. 
 WWW.NoticiasdeParaibanoMa.com
     Aqui Você Faz a Notícia”

terça-feira, 29 de outubro de 2013

PREFEITA APARECIDA FURTADO E DEP. ROGÉRIO CAFETEIRA VISITAM LOCAL ONDE SERÁ PERFURADO POÇO ARTESIANO DE GRANDE PROFUNDIDADE

Amaury Carneiro, Vereadora Ana Célia, Afonso (geólogo),
Pref. Aparecida Furtado, Ver. Valdênia,
Dep. Rogério Cafeteira e Senhor Ari Furtado,
em visita ao local onde será perfurado novo poço artesiano

Foto: (Juliana)
Prof.º Amaury Carneiro 

A prefeita Aparecida Furtado e o deputado Estadual Rogério Cafeteira, visitaram, na manhã de ontem (28), o local onde será perfurado um poço artesiano de grande profundidade, tão esperado pela população para tentar solucionar de vez o problema da falta d’água na zona urbana de Paraibano-MA.

Estiveram presentes também na visita, o geólogo responsável pela obra Afonso Andrade, as vereadoras Valdênia Sá, Ana Célia e o ex-prefeito Ari Furtado.
O poço será perfurado em um terreno localizado atrás da câmara de vereadores, e segundo o geólogo Afonso Andrade, ficará com uma profundidade entorno de 400 a 500 metros, com uma vazão de 80 a 100 mil litros d’água por hora suficiente pra abastecer toda região central e algumas áreas circunvizinhas.



A obra deverá ter início no mês de janeiro de 2014, com previsão de entrega em maio, pois ainda passará pelo processo de licitação.

A Emenda do projeto é oriunda do senador Epitácio Cafeteira, feita a pedido do deputado Rogério Cafeteira.  “Tenho certeza que com a competência da prefeita Aparecida e do ex-prefeito Ari, que em um tempo muito rápido este poço estará funcionando,  melhorando a qualidade de vida da população.

Quando fazemos uma emenda a maior satisfação é ver este recurso executado, eu gosto de trabalhar com os recurso que disponibilizo, pra gente que tem capacidade para executá-lo, pois muitas vezes, algumas delas são perdidas, porque você coloca a disposição e alguns gestores não tem a capacidade de executar a obra”. Disse o deputado.

Segundo o deputado Rogério Cafeteira, algumas prefeituras não executam determinadas obras, porque estão desorganizadas por este motivo não recebem recursos da união,  podendo passar até quatro anos sem fazer absolutamente nada em termo de convênio em parceria com o governo federal.

“Aqui na região o médio sertão maranhense,  pouco deputados visitam como eu, gosto muito daqui criei amigos em toda a região, e quando venho aqui  em Paraibano é uma satisfação”. Concluiu o deputado ao blog.

A prefeita Aparecida Furtado (PV),  disse que além desse poço de grande profundidade conseguido com o governo federal, Paraibano foi contemplado com mais três poços artesianos que serão perfurados pela Caema, um na Vila Castor, onde inclusive o ex-prefeito Chico Castor (1989/1992), doou o terreno para perfuração do mesmo, o segundo na Vila Leão, próximo ao complexo esportivo em um terreno doado pela própria prefeitura, e o terceiro será perfurado ao lado  da antiga caixa d’água da Caema, localizada na rua São Francisco.

“Sabemos que Paraibano vem há muito tempo  sofrendo com problema de falta de água, e graças a Deus, depois de muita correria,luta,respeito,créditos e amizades com nossa governadora Roseana e com nossos deputados, como por exemplo, o presidente da Assembleia Legislativa deputado Arnaldo Melo,os deputados estaduais Neto Evangelista, Alexandre Almeida e o deputado Rogério Cafeteira, juntamente com o senador Epitácio Cafeteira, estamos hoje dia 28 de outubro,  dia do funcionário público, dando início parcialmente e de fato, a esse projeto de perfuração de um poço artesiano de grande profundidade para nossa cidade, obra tão esperada pela população paraibanense. Portando dentro destas possibilidades, com os recursos já em vista e empenhados, iremos solucionar em breve este problema de falta d’água em nossa cidade.

A propósito, Paraibano hoje,é um canteiro de obras, as pessoas estão começando a ver o resultado de nove meses de trabalho, e vamos conseguir ainda mais projetos em prol do nosso município, este é o objetivo da minha gestão, no governo de cidadania e trabalho”. Disse a prefeita Aparecida Furtado.
WWW.NoticiasdeParaibanoMa.com
“Aqui Você Faz a Notícia”

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

A ILHA DA DISCÓRDIA NA TERRA DOS SARNEY

Ilha paradisíaca da oligarquia do MA

NA OLIGARQUIA HÁ UM "REBELDE" DE BOA FÉ


Henrique Bóis, Especial para o Estado Raposa (MA) e Eduardo Kattah

No município de Raposa, 20 quilômetros a nordeste de São Luís, a ilha de Curupu é conhecida como um dos símbolos do poderio econômico da família Sarney. Mas sua área total de 16 milhões de metros quadrados reflete também o contraste social pelo qual se tornou conhecido o Maranhão.

No lado sul da ilha, duas mansões servem de abrigo para o clã maranhense e seus convidados vips. Na face norte, um povoado conhecido como Canto, formado por 30 famílias de remanescentes do local, ainda vive como seus antepassados. Com a permissão do ex-presidente e senador José Sarney (PMDB-AP), a comunidade simples reside ali em casebres de madeira, cobertas de palha ou de telhas de amianto. Os moradores alegam que não têm permissão para construir casas de alvenaria.

Se depender da disposição de um sobrinho de Sarney, a ilha poderá futuramente contar com novos moradores. Dizendo-se coagido na sua intenção de vender a parte que lhe cabe em Curupu, ele ameaça fazer um loteamento “popular” na paradisíaca propriedade da família.

Gustavo da Rocha Macieira, filho de Cláudio Macieira – já falecido -, irmão de dona Marly Macieira Sarney, esposa do senador, decidiu há dois anos oferecer, por cerca de R$ 20 milhões, os 12,5% que possui da ilha. Em dezembro de 2011 ele chegou a publicar anúncios em jornais, contratou uma imobiliária para cuidar da venda e iniciou uma negociação com um grupo português. Segundo Gustavo, este e outros compradores desistiram da compra ao saber que se tratava de um imóvel da família Sarney.

A imobiliária Alzira, que ele contratou em São Luís, não conseguiu publicar o anúncio da venda no jornal O Estado do Maranhão – de propriedade da família Sarney – e, com medo de “retaliação”, preferiu desfazer o contrato com o sobrinho do senador. A governadora Roseana Sarney (PMDB), afirma Gustavo, quer impedir que ele use nas peças publicitárias fotografias da sua mansão na ilha.

‘Vai ter fila’. “O que me parece que vai restar como opção para mim é chegar lá no Maranhão e oferecer lotes a partir de 100 metros quadrados para quem quiser comprar, fracionar aquilo”, disse ao Estado Gustavo. “Vai ter fila em São Luís. Aí o problema é deles. Vai ser bom porque eles vão conviver com o povão, né? Vai ser agradável.”

A sua parcela na ilha é de aproximadamente 2 milhões de metros quadrados. Há dois anos, segundo corretores locais, o metro quadrado de terra na região (não especificamente na ilha) estava sendo vendido a R$ 30. É o preço que o sobrinho de Sarney pretende cobrar pelo metro quadrado de sua imensa parte na ilha.

Esse valor é menos da metade dos R$ 66 pelo metro quadrado que Ivanoel Alves de Sousa tenta obter com a venda de um terreno de 10 por 38 metros em área bem localizada no Timbuba, área portuária no município vizinho de Paço do Lumiar, utilizada pelos Sarney e amigos para embarque e desembarque. No condomínio Alphaville, na cidade de São José de Ribamar, a venda de lotes gira em torno de R$ 450 o metro quadrado.

Não há placas de venda em Curupu. Na semana passada, o Estado teve acesso à ilha a convite de moradores do Canto. A paisagem é como uma miniatura dos lençóis maranhenses, em frente à sede do município de Raposa, cidade construída por imigrantes cearenses exilados pela seca da década de 1930 e que ocupa o 3.561.º lugar entre as 5.565 cidades brasileiras no Índice de Desenvolvimento Humano. A água que abastece os casebres da colônia de pescadores tem alto nível de salinidade.

Entre os moradores está Valbinho, apelido que Claudiomar Ferreira da Silva, 43 anos, ganhou nos 18 anos que passou executando serviços domésticos na casa do Sarney em Curupu. Segundo ele, Sarney o tem como amigo. Até pouco tempo, o ex-presidente da República costumava ir até o Canto.

Bolsa Família. “Às vezes ele me chamava na casa para saber das novidades”, conta Valbinho – que é pescador e pai de três crianças, todas inscritas no Programa Bolsa Família. No município há 5.664 inscritos no programa social do governo federal. Segundo cadastro do Ministério do Desenvolvimento Social a frequência escolar é de 71,47% nas escolas que recebem alunos entre 6 e 15 anos.

Há uma escola no Canto. Luana de Jesus da Silva, 15 anos, e Diana de Jesus Silva, 9 anos, estudam na Unidade Escolar Manoel Batista, um anexo da rede de ensino fundamental de Raposa. Luana está na 6.ª série e Diana na 4.ª.
Ambas dividem o único professor num mesmo espaço. Na quarta-feira, Diana fechava as portas da escola às 16 horas. Não houve aula.

“Os professores de Raposa não querem vir pra cá”, reclama Valbinho. Sem ler, nem escrever, o “amigo do senador” sabe da instabilidade em que vivem os moradores na ilha. “Aqui tem luz. Mas nós não temos conta em nosso nome. Não podemos provar coisa alguma”, afirma. “Qualquer dia desses o velho morre e a ilha será vendida”, vaticina.

São poucos os que possuem emprego formal. Há empregados da casa do Sarney, que moram ali. Das 30 casas, pelo menos 20 têm uma moto em frente. Mas só os homens pilotam. Todos no povoado votam ou votaram em Roseana nas últimas eleições, como conta Cleudes, esposa de Valbinho.

A política de proteção da Ilha dos Sarney foi mais acentuada no passado. “Houve uma época em que eles colocaram segurança de um lado e de outro aqui em Raposa”, conta Francisco “Nego”, barqueiro que tira a modesta renda diária cobrando R$ 2 por travessia em um barquinho. Não deu certo. Hoje os caseiros relaxam e abrem as portas aos visitantes, ilustres ou desconhecidos.
Do outro lado de Curupu a segurança das mansões dos Sarney costuma ser feita por policiais militares da Secretaria de Estado de Segurança Pública. De camisetas azuis com logo da ilha estampado, quatro se revezam em plantões na casa de Roseana, esteja a governadora presente nas dependências da mansão ou não.

Mas raros são os moradores do porto que já viram o senador pessoalmente. O barqueiro Domingos Souza Marques, 51 anos, conta que só o viu pela televisão. San Dumon Kzam, 43 anos, comerciante descendente de libaneses, viu apenas uma vez o senador passando para o porto no rio Santo Antonio. “Estou comprando até terreno na lua”, brinca Kzam, ao ser informado sobre a proposta de loteamento de parte da ilha feita por Gustavo Macieira.

Porém, está ficando raro também o uso do porto em Paço do Lumiar pelos Sarney. Conforme relatos de moradores, quando se recolhe à ilha, a governadora utiliza helicópteros oficiais do Estado. Os convivas costumam partir do heliporto do empresário Eduardo Lago, na praia do Olho D’Água em São Luís. Vista do céu a visão da ilha esconde os casebres do Canto. O que sobressai é mesmo a parte sul e o imenso telhado da mansão do senador e de sua filha entre o recorte do mar e a vegetação preservada.

Respeito. Gustavo, que mora no Rio, diz que não visita a ilha há quase dez anos. O último encontro com o senador foi na época em que decidiu vender sua parte na propriedade. Disse que foi ao Senado para comunicar ao então presidente da Casa sua intenção “por respeito” e “consideração” ao tio.

“Não estou numa cruzada, não quero comprar briga com ninguém. Eu quero, eu preciso vender (a ilha). Eu tenho minha mãe e meu filho, que são dependentes de mim. Eu sou de classe média. Eu nunca ocupei e nem quero nenhuma diretoria de estatal, não fui educado pelo meu pai nesse tipo de bajulação a um ‘politicozinho’. Quero apenas vender um patrimônio que foi constituído, comprado pelo meu avô na época, vendido para o meu pai e que meu pai me vendeu essa fração ideal”, afirma.
WWW.NoticiasdeParaibanoMa.com
“Aqui Você Faz a Notícia”

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

NOTAS RÁPIDAS E EM FOCO


PONTO FACULTATIVO

Segunda-feira - 28 de Outubro, Dia do Funcionalismo Público, a Prefeitura de Paraibano-MA, através da Secretaria Municipal de Administração, determinou ponto Facultativo. Alguns serviços essenciais da saúde,limpeza  e segurança pública estão excluídos.

Prédio da Caema em Paraibano,
destruído durante protesto
no mês de maio / 2013
CORTES FINANCEIROS NA CAEMA

Depois de lamentar os cortes efetuados em setores vitais do Executivo no início da semana, o líder da Oposição na Assembleia Legislativa do MA, depuatdo Rubens Junior, informou que a governadora Roseana,promoveu um inexplicável corte de R$ 79 milhões no orçamento da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema). “Isto é grave, e muito grave, a governadora Roseana, na mensagem encaminhada para esta Casa, cortou o orçamento da Caema em R$ 79 milhões”, enfatizou.

Já não atendia a população de forma adequada, depois dessa, o atendimento só vai piorar ainda mais e quem vai sofrer as conseqüências como sempre, é o POVO DO MARANHÃO. “No melhor governo de Roseana”.

NOVO HORÁRIO DE ATENDIMENTO

Com a chegada do horário de verão o banco do Brasil, agência de São João dos Patos-MA, estipulou um novo  horário de funcionamento para atender os clientes, será das 09:00h às 14:00h, até dia 16 de fevereiro de 2014. Muitas pessoas de Paraibano ainda tem negócios naquela agência, mesmo tendo um posto de atendimento aqui na cidade, onde o horário de atendimento continua o mesmo, das 9:00 às 12:00h.
Barreira eletrônica em avenida
de São J. dos Patos-MA


FISCALIZAÇÃO ELETRÔNICA

Depois do semáfaro, a cidade de São João dos Patos-MA, agora está implantando barreiras eletrônicas para auxiliar na fiscalização do trânsito, algumas das barreiras já estão instaladas na Avenida Presidente Médice. A iniciativa é do DNIT (Departamento Nacional de Infra Estrutura Terrestre) com o objetivo de forçar o motorista a reduzir a velocidade do veículo para evitar acidentes, caso não obedeçam, os mesmos serão multados.
WWW.NoticiasdeParaibanoMa.com
“Aqui Você Faz a Notícia”

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

AUSÊNCIA DE ARNALDO MELO NO PALÁCIO DOS LEÕES É DURO RECADO A ROSEANA

por johncutrim

Chamou atenção a ausência do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Arnaldo Melo (PMDB), na solenidade em que a governadora Roseana Sarney recebeu a ministra Eleonora Menicucci, no Palácio dos Leões, nesta quarta-feira, 23.

Vários políticos presentes ao evento atribuíram a ausência ao descontentamento do chefe do Legislativo estadual com a governadora, que recentemente acionou Sarney para “convencer” Arnaldo Melo a arquivar a resolução que deflagraria o processo de escolha do novo conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE).

Arnaldo Melo aproveitou também para dar o troco ao desprestígio de sequer ser convidado para a reunião em que os chefes da oligarquia impuseram Luis Fernando Silva como candidato ao governo do Estado. Roseana, nunca escondeu sua desconfiança com Arnaldo, sempre chamado pelos acólitos da oligarquia de balaio. Por isso, jamais participou de solenidades realizadas pelo Legislativo sob a presidência de Melo, eleito duas vezes mesmo contra a vontade do governo.

Dep. Arnaldo Melo,
"barba de molho"
De quebra, Arnaldo Melo, não fez nenhum esforço para que seus pares prestigiassem o evento palaciano. Apenas duas deputadas Francisca Primo (PT) e Vianey Bringel (PMDB) participaram da solenidade no Palácio. Muito pouco para quem tem mais de 30 deputados na base governista.

O duro recado de Arnaldo Melo, mostrou que Roseana Sarney está desprestigiada, ou pelo menos, não está com essa bola toda no poder do Rangedor. Apenas mais um sinal da fragilidade da oligarquia. Sabe como é, último mandato, Flávio Dino disparado nas pesquisas para o governo…
WWW.NoticiasdeParaibanoMa.com
“Aqui Você Faz a Notícia”

CRAS DO RESIDENCIAL JOÃO FURTADO REALIZA ATIVIDADES COM A CRIANÇADA

Amaury Carneiro
Na manhã de hoje quinta-feira (24/10), o Centro de Referência em Assistência Social (Cras), do Residencial João Furtado em Paraibano-MA,  em uma ação conjunta com  Paif (Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família), Secretaria Municipal de Saúde e Secretaria Municipal de Assistência Social, através do programa Saúde na Escola, realizaram várias ações com as crianças inseridas nos projetos sociais do município,  dentre elas, uma espécie de triagem com testes do olhinho feita pela Enfermeira Céfara Brito, onde posteriormente as crianças deverão fazer um exame oftalmológico e se necessário ganharão óculos doados pelo governo federal.

 As crianças também foram atendidas pela vice-prefeita e assistente social Rejany Gomes e pelas agentes de saúde, que verificaram o peso e a altura da “mulecada”, após as consultas as crianças passaram a manhã brincando em uma sala especial onde funciona o programa Brincando para Crescer e Redescobrindo a Infância. A maioria das crianças estavam acompanhadas do pai ou responsável.

 A secretária municipal de assistência social, Edivânia Coêlho, como sempre, esteve presente coordenando os trabalhos sócios-assistenciais do CRAS, que tem como objetivo, promover a convivência saudável e eficaz da comunidade.

AÇÕES DOS 10 MESES DA ADMINISTRAÇÃO DE APARECIDA FURTADO POR LEO LASAN

 PARAIBANO: UMA ADMINISTRAÇÃO SILENCIOSA



Do blog ParaibanoManews - Leo Lasan

TRABALHO QUE COMEÇA A SER RECONHECIDO PELO POVO.

Em setembro de 2012, durante campanha eleitoral para prefeito e vereadores em Paraibano, a candidata Aparecida Furtado (PV) prometia durante comícios e fora deles, que se fosse eleita, passaria de nove a um ano, só consertando obras do prefeito (naquela ocasião) Sebastião Pitó. Um ano depois depois (2013) a eleita prefeita Aparecida Furtado, tem cumprido o que parecia ser palavras de palanques, promessas políticas.  

A prefeita desde o início da sua administração tem buscado recursos e desde então vem realizando ações. Nos últimos três meses (agosto, setembro e outubro) a população tem visto o esforço da prefeita, principalmente na área de das reformas de obras. Em vários pontos da cidade e do interior estão sendo feitos serviços de reformas de escolas municipais, postos de PSF, recuperação de estradas vicinais, calçamentos de ruas, investimentos em cursos técnicos e profissionalizantes,  e mais recentemente uma obra grandiosa, a reforma do Estádio Arizão e finalização da creche próximo a quadra poliesportiva no bairro Vila Aparecida e a entrega em julho do Posto de Saúde PSF Maria Regina no Residencial. Mesmo com todo esse trabalho, a prefeita tem realizado e iniciado obras como praças, e o futuro cemitério público. 

No setor da agricultura, a administração de Aparecida Furtado tem ampliado os programas de apoio e incentivo ao homem do campo, criou um departamento de meio ambiente que tem desenvolvido um bom trabalho nesse setor tão importante atualmente, e todas as secretarias estão com projetos que no ano de 2014 vai beneficiar ainda mais a população. Foram dez meses que como disse a prefeita em campanha, era para arrumar a casa, que iniciou logo em janeiro a primeira ação de implementação da administração, realizando o Mutirão de Limpeza, etc. Passado esses meses de "arrumação da casa" é evidente que até mesmo pelo pouco tempo para tanta coisa, ainda falta resolver o problema da água que mesmo com a decisão da Prefeitura de investir no Poço P10 ainda existem ruas e bairros sem o abastecimento de água, na área da saúde, o problema está principalmente no Hospital Municipal, permanece e a questão das ambulâncias, o município cresceu e a estrutura hospitalar não acompanhou o desenvolvimento, alguns profissionais daquele setor foram alvos de críticas quanto à recepção e ao atendimento, na área da segurança o problema é o número do efetivo policial que é pequeno para um município com mais de 20 mil habitantes e o aumento da violência e do consumo de drogas lícitas e ilícitas e os graves acidentes de trânsito, mas está havendo um esforço da prefeita em consonância com o comando da polícia em São João dos Patos para que brevemente a situação seja amenizada, outras ações estão sendo desenvolvidas e brevemente esses setores também serão  contemplados.

 Uma das secretarias que mais tem desenvolvido trabalhos é de Assistência Social, uma das pastas que mais recebeu recursos nos municípios brasileiros e também carro chefe da presidente Dilma. Em Paraibano a Secretaria da Assistência Social é responsável por diversos programas que beneficiam desde a gestante até o idoso e está entregue a uma secretária que é formada na área e tem experiências da pasta em outras gestões. 

NA CONTRAMÃO

Quem não anda muito bem é a Câmara de Vereadores que tem protagonizado escândalos e precisa urgentemente de uma reflexão quanto ao papel de representante do "povo". Ainda falta uma sintonia do Legislativo com o Executivo, para que a administração pública municipal de Paraibano como um todo ande em harmonia em prol de todos. Infelizmente o Legislativo tem sido protagonista de casos que precisam de maior maturidade política e conhecimento da Lei de Responsabilidade Fiscal e olho muito vivo quanto as tecnologias que mostram tudo praticamente ao vivo... A antiga mania de esconder as coisas debaixo do tapete não existe mais nos tempos de BBB . Que os vereadore(a)s passem a seguir os bons exemplos da prefeita e a ajudem a cumprir as promessas de campanhas, afinal a maioria dos atuais vereadores estavam nos palanques com Aparecida Furtado e o "Grupo". 

AVALIAÇÃO SILENCIOSA

Daqui a dois meses completa um ano da administração municipal e então o povo fará uma avaliação do que é verbal e real. O Poder Executivo até aqui tem cumprido, dentro das possibilidades atuais e do que foi prometido. Uma coisa tem mudado no comportamento da prefeita de Paraibano, a compreensão e o silêncio, antes a prefeita respondia em bate-pronto aos críticos, ou seja quando falavam mal ela respondia imediatamente. Isso vem mudando atualmente Aparecida Furtado, ouve as críticas, reflete bem e tem respondido as críticas com trabalho silencioso e eficaz. Quem anda por Paraibano ver o silencioso trabalho da administração. O povo de Paraibano tem entendido e reconhecido isso. 

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

SERVIDORES PÚBLICOS DO MARANHAO ENFRENTAM LONGAS FILAS PARA FAZER RECADASTRAMENTO

Fila chega a dobrar o quarteirão da escola
Foto: Amaury Carneiro
Vagas na fila chegam a custar até 70 reais

Amaury Carneiro
Senhor Carmo Lopes de 85 anos ao lado do seu filho
Joilson,vieram de Sucupira do Norte,
para fazer o recadastramento
sem hora pra voltar
Os últimos dias têm sido tumultuados para os servidores públicos estaduais do Maranhão,  que estão fazendo o recadastramento através da Secretaria de Estado de Gestão e Previdência (Segep) em São João dos Patos. O processo está sendo realizado desde o dia 7 de outubro, em todas as regionais.

 O recadastramento geral de dados dos servidores do Estado integra um conjunto de ações e projetos prioritários da Segep para a modernização e eficiência da máquina pública e, consequentemente, a real melhoria dos serviços prestados ao servidor. Por causa da obrigatoriedade do recadastramento, todos os servidores estaduais ativos, aposentados e pensionistas do interior, terão de atender à convocação do Governo.

Em São João dos Patos, foi instalado um posto de atendimento na Escola Paulo Ramos, no centro da cidade, e desde o primeiro dia de atendimento,  tem sido constantes as reclamações por parte dos servidores, aposentados e pensionistas em relação ao  atendimento precário e moroso. A falta de organização, filas intermináveis, demora no atendimento, favorecimento na distribuição das senhas, são as principais reclamações, além da falta de informações adequadas para os idosos. A proposito, são eles os que mais sofrem com todos esses problemas, pois alguns se deslocam de lugares distantes e tem que passar um dia inteiro para serem atendidos.

As filas para atendimento chagaram a ficar tão grande que surgiram os “guardadores de lugar” uma espécie de cambista, “Já faturei mais de 500 reais guardando lugares, chego aqui 4 horas da manhã para reservar uma vaga na fila” disse dona Marinete Andrade, ao editor deste blog na manhã de hoje (23/10).

Ainda de acordo com dona Marinete, as vagas reservadas custam entre R$ 45,00 e R$ 70,00.

Mais uma falta de organização e de respeito aos servidores no “melhor governo de Roseana”
WWW.NoticiasdeParaibanoMa.com
“Aqui Você Faz a Notícia”

EM CARTA, FLÁVIO DINO DENUNCIA INVENÇÃO CRIMINOSA DOS VEÍCULOS DA OLIGARQUIA SARNEY

Flávio Dino


 EM DEFESA DA VERDADE
De Flávio Dino

"Meus amigos e minhas amigas,

Uso esse espaço para fazer um importante alerta a toda a população do nosso Estado. Vocês têm acompanhado as pesquisas que registram a preferência popular pela nossa pré-candidatura ao governo do estado. Diante desse fato, tomado pelo desespero, o grupo que se acha dono do Maranhão resolveu deflagrar uma violenta e cruel campanha de perseguição contra mim

São rádios, jornais, postagens sucessivas e obsessivas em blogs, enfim todo o império de comunicação deles movido para me difamar. 

A última invenção criminosa, divulgada em todo o Estado, é de que recebi mais de R$ 500 mil de salários da UFMA sem trabalhar. Entretanto, como a própria Universidade esclareceu, isso é mentira, já que me encontro legalmente cedido para exercer a Presidência da EMBRATUR. Este é um exemplo dos crimes que cometem diariamente, para tentar manter o poder e os seus privilégios.

Por que eles têm tanto ódio ? Porque tenho coragem para falar a VERDADE sobre a terrível situação que o Maranhão atravessa, sem água nas casas, sem segurança, sem saúde nem educação decentes.

Eles apostam tudo no submundo da política, que utiliza promessas de dinheiro fácil aos aliados e perseguição aos adversários como o método para vencer uma eleição, nem que seja na fraude e na marra.

Não podemos nos desviar do nosso caminho: debater os problemas do povo do Maranhão, defender propostas, dialogar com a sociedade, OLHAR PARA O FUTURO com fé e esperança. 

A gente sabe que é só o começo. Até as eleições, coisas piores virão desse grupo que não quer perder seus privilégios, mantidos à custa da pobreza e do sofrimento da população do nosso Estado.

Precisamos permanecer UNIDOS. 

Não sou proprietário de império de comunicação, por isso peço que vocês se mobilizem nas redes sociais. 

Compartilhem e divulguem ao máximo esta Carta.

Conto com vocês e todos podem contar com a minha força, com a minha fé, com a minha luta. Não tenho medo. 

Vamos vencer com a proteção de Deus. O Maranhão terá dias melhores; eles não roubarão o nosso futuro".

WWW.NoticiasdeParaibanoMa.com

terça-feira, 22 de outubro de 2013

AÇÃO DO MPMA LEVA À CONDENAÇÃO DE EX-PRESIDENTE DE CÂMARA POR IRREGULARIDADES EM LICITAÇÕES

Adão Nascimento Carvalho, ex-presidente da Câmara de Vereadores da cidade de João Lisboa-MA, foi condenado a 25 anos de reclusão

MPMA.gov.br

Uma Denúncia da 1ª Promotoria de Justiça de João Lisboa levou à condenação de Adão Nascimento Carvalho, ex-presidente da Câmara Municipal, a 25 anos de reclusão em regime fechado por conta de crimes previstos na Lei de Licitações (8.666/93). O ex-vereador pode recorrer da sentença em liberdade. A ação é de autoria do promotor Tarcísio José Sousa Bonfim, e a sentença foi assinada pelo juiz Flávio Roberto Ribeiro Soares.

Na ação, o Ministério Público sustentou que o ex-gestor havia violado a Lei de Licitações ao realizar compras e contratações sem o devido processo licitatório e por fragmentar despesas. A ação baseou-se em relatório do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE-MA).

Na sentença, o juiz considerou Adão Carvalho culpado pelo ilícito previsto no artigo 89 da lei n° 8.666/93, por realização de despesas sem procedimento licitatório, mas não condenou o ex-gestor pela fragmentação indevida de despesas.

A Justiça entendeu, ainda, que houve continuidade delitiva no caso, que é quando um mesmo crime é cometido por diversas vezes em um espaço de tempo. Como os tribunais superiores, em suas sentenças, definem 30 dias como tempo máximo para a ocorrência da continuidade, a 1ª Vara da Comarca de João Lisboa verificou que a prática foi realizada ao longo de oito meses, aplicando penas a cada um dos períodos.
O somatório das penas foi de 25 anos de reclusão, além do pagamento de multa de 2% sobre o total das despesas públicas realizadas por Adão Nascimento Carvalho sem os devidos procedimentos licitatórios.

 Rodrigo Freitas (CCOM-MPMA)

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

REVISTA ISTO É E CARTA CAPITAL CONFIRMAM O ROMPIMENTO DE LULA E DILMA COM O GRUPO SARNEY

     
BEIJA MÃO: Lula e Dilma querem distância de Sarney e
Luis Fernando em 2014.
ISTO É - A batalha nordestina

“Foi o risco de fornecer mais combustível para o PSB que levou o PT a rever uma das mais polêmicas alianças eleitorais de sua história recente. Num movimento já chamado de “traição cirúrgica”, o partido ensaiou uma ruptura no Maranhão, afastando-se do grupo político do ex-presidente José Sarney, para apoiar Flávio Dino, do PCdoB, na disputa pelo governo do estado. Pré-candidato de Sarney, o atual secretário de Infraestrutura, Luís Fernando Silva, ainda não decolou, enquanto Flávio Dino lidera as pesquisas com tanta folga que sua popularidade subiu até nos protestos de junho. Inconformado com o acordo, fechado em segredo, o veterano Sarney reagiu. Mobilizou seus aliados na cúpula do Senado, ameaçando bloquear toda a iniciativa do governo na casa onde usufrui de um ambiente muito mais amistoso do que na Câmara. Ameaçando uma adesão a Eduardo Campos, Sarney ligou para o próprio Lula, que, diante do risco, pediu para Dilma recuar. Num esforço para manter um palanque no estado, a presidente ainda trabalhava, na semana passada, com a alternativa de apoiar a candidatura de Roseana Sarney, para o Senado, sem abrir mão da aliança com Dino. O problema é que o candidato do PCdoB, que já é cortejado pelo PSB de Eduardo Campos, manda dizer que tem pressa. A batalha deve ganhar intensidade nas próximas semana.”

Juntinhos: Dilma não abre mão de apoiar Flávio Dino
 para o governo do Maranhão.
Carta Capital
Caruru Maranhense I

O discurso genérico de Marina Silva contra vícios da “Velha República” encaixa-se como uma luva em alguns estados brasileiros.

A situação no Maranhão continua sendo assim, após 50 anos de domínio do grupo de José Sarney.

Pesquisas em poder do governo indicam que a rejeição é grande e se espalha pelo País. Está em jogo um colégio eleitoral relevante, considerando as dificuldades da próxima eleição: são quase 5 milhões de eleitores.

Lula propôs romper o acordo estadual do PT e os Sarney.
Caruru Maranhense II

A nota dissonante na reunião com a presidenta Dilma, onde isso foi discutido, ficou por conta do presidente do partido, Rui Falcão.
Esse Falcão é diferente. Move-se com o temor e morosidade de gato.
Foi contra o rompimento porque disputa uma eleição interna e temeu perder os votos do PT do Maranhão que está pendurado no governo estadual.

Ou seja, no colo de Roseana Sarney.