terça-feira, 31 de janeiro de 2017

VEJA OS 50 CARROS MAIS VENDIDOS NO MUNDO EM 2016; COROLLA LIDERA

Modelo da Toyota manteve o topo do ranking, mas caiu em volume. Dados são da consultoria Focus2move.

Toyota Corolla Altis (Foto: Marcelo Brandt / G1) 
Toyota Corolla (Foto: Marcelo Brandt / G1)
 MUNDO / Automóvel 
O Toyota Corolla foi o carro mais vendido no mundo mais uma vez, em 2016, segundo dados da consultoria Focus2Move. O modelo, no entanto, não conseguiu superar o recorde de emplacamentos batido em 2015. As vendas do Corolla caíram 3,6%, para 1,31 milhão de unidades, incluindo todas as suas variações.

Ford F Séries, 2º mais vendido
Outra novidade foi a volta de um carro da Ford à vice-liderança: as picapes F-Series ocuparam esse posto, com 993 mil emplacamentos, basicamente todos no mercado americano, onde lideram as vendas há 35 anos.

O modelo teve alta de 7,6% nos emplacamentos -os EUA bateram novo recorde de vendas de carros no ano passado, um resultado puxado por picapes e SUVs.

Segundo colocado em 2015, o Volkswagen Golf caiu uma posição com 991 mil unidades vendidas, 6,2% a menos do que naquele ano. No primeiro ano cheio desde a mudança de geração, o Honda Civic saltou do 17º lugar em 2015 para o 9º em 2016, mas o modelo mais bem vendido da marca é o CR-V, rm 5º.

Veja abaixo os 50 carros mais vendidos no mundo:

1) Toyota Corolla
2) Ford F-Series
3) Volkswagen Golf
4) Hyundai Elantra
5) Honda CR-V
6) Ford Focus
7) Toyota RAV4
8) Volkswagen Polo
9) Honda Civic
10) Toyota Camry
11) Wulling Hongguang
12) Chevrolet Silverado
13) Hyundai Tucson
14) Volkswagen Jetta
15) Haval H6
16) RAM Pick-up
17) Vokswagen Lavida
18) Toyota Hilux
19) Volkswagen Passat
20) Honda Accord
21) Volkswagen Tiguan
22) Kia Sportage
23) Buick Exelle
24) Chevrolet Cruze
25) Ford Fiesta
26) Nissan Qashqai
27) Skoda Octavia
28) Toyota Prius
29) Toyota Yaris
30) Renault Clio
31) Nissan X-Trail
32) Hyundai Sonata
33) Nissan Sylphy
34) Chevrolet Malibu
35) Nissan Rogue

36) Ford Escape
37) Baojun 730
38) Mazda CX-5
39) Jeep Cherokee
40) Mercedes Classe C
41) Audi A3
42) Volkswagen Sagitar
43) Hyundai Santa Fe
44) Nissan Altima
45) Honda Fit
46) Ford Transit
47) GAC Trumpchi GS4
48) Baojun 560
49) Volkswagen Santana
50) Nissan Sentra

 


 

INSCRIÇÕES PARA 214 MIL BOLSAS DO PROUNI ESTÃO ABERTAS




Seleção é feita partir do desempenho no Enem e da condição socioeconômica da família do candidato. 

 MEC.gov.org

As inscrições para a primeira edição do Programa Universidade para Todos (Prouni) 2017 foram abertas nesta terça-feira (31) no site http://siteprouni.mec.gov.br. O prazo termina às 23h59 de sexta-feira (3).

No total, são oferecidas 214.110 bolsas de estudos na rede particular de ensino superior. É possível pesquisar a oferta de bolsas pelo site http://prounialuno.mec.gov.br//consulta/publica filtrando por nome do curso, insitituição ou município. Para disputar as bolsas é necessário preencher solicitação com senha e número de inscrição no Enem. 

O programa distribui bolsas de estudo totais e parciais na rede particular de ensino superior de acordo com o desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e leva em conta a situação socioeconômica da família do candidato. É uma alternativa para quem não conseguiu uma vaga na rede pública de ensino superior por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), cuja lista de aprovados foi divulgada nesta segunda-feira (30)

Também está aberto o prazo de adesão à lista de espera do Sisu para os estudantes que não foram aprovados na chamada regular, ou ainda, foram classificados para a segunda opção de curso. O prazo se estende até o dia 10 de fevereiro. 

Do total de bolsas ofertadas do Prouni, 103.719 são integrais e 110.391 parciais — o governo federal cobre 50% da mensalidade. 

Somente poderá participar da disputa o candidato que tenha feito o Enem 2016, que tenha cursado o ensino médio completo na rede pública ou na privada como bolsista. Só terão direito à bolsa integral os candidatos com renda familiar bruta mensal de até um 1,5 salário mínimo; e à bolsa parcial, aqueles com renda familiar bruta mensal de até 3 salários mínimos.
Confira as datas: 

Programa Universidade para Todos (Prouni)
  • Inscrições: 31 de janeiro a 3 de fevereiro
  • Primeira chamada: 6 de fevereiro, com comprovação das informações entre 6 a 13 de fevereiro
  • Segunda chamada: 20 de fevereiro, com comprovação das informações entre 20 e 24 de fevereiro
  • Lista de espera: candidatos manifestam interesse entre 7 e 8 de março; universidades podem consultar a partir do dia 10 de março
Os alunos que não foram contemplados pelo Prouni poderão ainda recorrer ao Financiamento Estudantil Fies (Fies). Veja o calendário: 

Financiamento Estudantil (Fies)
  • Inscrições: 7 a 10 de fevereiro
  • Para que serve: Sistema on-line que reúne vagas de financiamento estudantil em cursos de graduação em universidades particulares.
  • Como funciona: Os estudantes que já estão matriculados em cursos de instituições participantes podem pleitear um contrato de financiamento estudantil custeado pelo governo federal.
  • Número de vagas: Ainda não foi divulgado pelo MEC. O ministro da Educação, Mendonça Filho, porém, garantiu que o número de novos contratos do Fies no ano de 2017 deverá ser pelo menos o mesmo que em 2016.

Dúvidas

O MEC orienta que, se o candidato tiver dificuldades para se inscrever, deve ligar para o 0800-616161.

 

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

MEC DIVULGA RESULTADO DO SISU 2017

 Resultado de imagem para sisu 2017 resultado

 MEC.gov.br
Os resultados da primeira edição de 2017 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) foram divulgados nesta segunda-feira (30), no portal http://sisu.mec.gov.br/selecionados. Caso não consiga visualizar o resultado, a recomendação é limpar o cache ou apertar F5 na página do Sisu. 
 
Os candidatos aprovados devem realizar a matrícula nos dias 3, 6 e 7 de fevereiro, nas instituições em que estudarão. O MEC esclarece que o prazo da chamada regular pode ser estendido, a critério da instituição, até quarta-feira (8). 

Caso não tenha sido selecionado, o estudante também pode participar da lista de espera. Para isso, é preciso acessar o Sisu de 30 de janeiro a 10 de fevereiro para registrar interesse na vaga. Para ter acesso ao sistema http://sisualuno.mec.gov.br/, o estudante precisa digitar o número de inscrição e senha no Enem 2016. Os resultados serão publicados pelas próprias universidades, a partir do dia 16 de fevereiro. 

Ao todo, foram oferecidas mais de 230 mil vagas de graduação em universidades, institutos de tecnologia e centros tecnológicos federais e estaduais em todo o Brasil. Os resultados tomam como base a nota dos candidatos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2016.

Prorrogação das inscrições

  No cronograma inicial, o prazo para inscrições no Sisu terminaria na última sexta-feira (27). Entretanto, o MEC prorrogou o prazo após estudantes relatarem problemas para acessar a plataforma. O ministério admitiu que seus sistemas sofreram 'dificuldade' diante da grande demanda. 


Antes de prorrogar o Sisu, a pasta já tinha decidido alterar o cronograma do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e do Programa Universidade para Todos (Prouni) por "precaução técnica" para garantir o atendimento dos estudantes. Tanto o Fies quanto o Prouni tiveram datas de início e fim das inscrições adiados em um dia. 

Prouni - inscrições: 31 de janeiro a 3 de fevereiro
Fies - inscrições: 7 a 10 de fevereiro

SAIBA O QUE ESTÁ EM JOGO NAS ELEIÇÕES DESTA SEMANA NA CÂMARA E NO SENADO

Senadores elegem presidente na próxima quarta (1º); deputados, na quinta (2). Além de status e poder político, comandantes das duas casas têm regalias e lugar na linha sucessória da Presidência.

 G1.com - Brasília

Poder político, regalias e um lugar na linha de sucessão da Presidência da República. Essas são algumas das motivações da disputa que definirá nesta semana quem comandará a Câmara e o Senado pelos próximos dois anos. Os senadores escolherão o sucessor de Renan Calheiros (PMDB-AL) na quarta-feira (1º). Os deputados elegem o presidente da Casa na quinta (2).

Na Câmara, a batalha pelo comando da Mesa Diretora colocou em trincheiras opostas aliados do presidente Michel Temer e ameaça corroer a coesão da base aliada do Palácio do Planalto. 

Atual presidente da Câmara, o deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) – que ainda não assumiu oficialmente a candidatura – é o favorito para vencer a corrida, mas corre o risco de ser barrado pelo Supremo Tribunal Federal (STF). 

A tendência é que ele dispute a presidência com os deputados Jovair Arantes (PTB-GO) e André Figueiredo (PDT-CE). O líder do PSD, Rogério Rosso (DF), lançou candidatura, mas, sem o apoio da bancada do próprio partido, anunciou que iria suspender a campanha à espera de uma decisão do STF. 

No Senado, a situação é mais folgada para o líder do PMDB, Eunício Oliveira (CE), que concorre à presidência da Casa com apoio de praticamente todas as bancadas. 

É possível, no entanto, que ele enfrente nas urnas o novato José Medeiros (PSD-MT). O senador anunciou que pretende lançar uma candidatura avulsa.
Tanto na Câmara quanto no Senado os parlamentares podem se candidatar e podem desistir da candidatura até o início da votação.

Por Bernardo Caram e Gustavo Garcia

 

NOTA À IMPRENSA SOBRE MEDICAMENTOS GENÉRICOS

 Garantia de segurança

 Por: Ascom/Anvisa

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recebeu do Centro de Estudos e Desenvolvimento Analítico Farmacêutico (CEDAFAR) da Universidade Federal de Minas Gerais, no último dia 11, resultados de testes de equivalência farmacêutica realizados, a pedido do programa Fantástico da TV Globo, em quinze medicamentos genéricos com os seguintes princípios ativos: dipirona monossódica, losartana potássica e sildelafila. Mesmo esses testes tendo sido realizados sem o cumprimento dos requerimentos técnicos e regulatórios para uma apropriada análise fiscal, visto que o CEDAFAR não é credenciado para esse tipo de teste, sendo apenas habilitado para testes visando o processo de registro, a Anvisa analisou os resultados e informa que:

1 -  Todos os lotes de medicamentos com os princípios ativos sildelafila (duas amostras) e losartana potássica (oito amostras) estavam em condições sanitárias satisfatórias, ou seja, dentro dos padrões esperados. Os laudos informaram que os lotes dos medicamentos testados são equivalentes aos medicamentos de referência, o que é obrigatório para os genéricos. Esses resultados coincidem com parte dos testes que os produtores são obrigados a apresentar para solicitar o pedido de registro e que são, criteriosamente, analisados pela Agência antes de conceder o registro; 

2 – Quatro das cinco amostras de dipirona monossódica testadas também estavam em condições sanitárias satisfatórias;

3 – Um lote de dipirona monossódica solução oral 500 mg/ml, da empresa Brainfarma, apresentou resultado aparentemente insatisfatório em relação ao teste de equivalência farmacêutica.  O teor médio de dipirona encontrado foi de 92,87%, valor inferior ao estabelecido como referência, que é de 95,00%. Apesar dos exames realizados por contratação do programa Fantástico não terem validade legal, a Anvisa, cumprindo sua missão de proteger a saúde da população, já abriu os procedimentos para apurar se existe mesmo esse teor inferior ao que é obrigatório. Esses procedimentos têm regras bem definidas para que os resultados não deixem qualquer dúvida sobre sua interpretação. Serão coletadas três grupos de amostras (prova, contraprova e testemunho) e os exames serão realizados em laboratório credenciado;

Em 2014, a empresa Brainfarma, por ocasião de renovação do registro deste medicamento, apresentou à Anvisa estudo de equivalência farmacêutica, realizado por laboratório credenciado pela Agência, que concluiu pela equivalência farmacêutica da dipirona monossódica da empresa. O laudo apresentado pela empresa, na ocasião, obteve resultado de teor de 104,19%. Os testes que a Anvisa está determinando a realização dirimirão qualquer dúvida e permitirão o esclarecimento se esse lote do medicamento se encontra regularmente dentro dos parâmetros exigidos;

4 – Sobre possível irregularidade em um lote do medicamento losartana potássica, comprimido 50 mg, da empresa EMS S/A, é preciso esclarecer que a metodologia utilizada pelo CEDAFAR, laboratório contratado pelo Fantástico para análise do produto, é diferente da que está autorizada e considerada como de referência pela Anvisa para testar a equivalência farmacêutica nesse medicamento. Utilizar metodologia diferente significa que não é possível comparar os resultados obtidos com aqueles que deveriam ser apresentados pelo produto, não havendo base técnica e científica para considerar que pode haver irregularidade nesse produto;

5 -  Sobre os resultados dos testes dos perfis de dissolução dos lotes de losartana monossódica das empresas Medley, Geolab e Pratti, a Anvisa esclarece que a comparabilidade de perfil de dissolução entre o medicamento teste e o medicamento de referência não é requisito para registro ou comercialização de medicamento genérico no Brasil, bem como nas principais agências regulatórias do mundo;

5.1 – O teste de perfil de dissolução é um procedimento feito em bancada de laboratório, importante para o conhecimento das características do produto, mas que não é capaz de assegurar ou comprar a equivalência farmacêutica dos medicamentos genéricos com os medicamentos de referência;

5.2 – No Brasil e em diversos países do mundo, como Estados Unidos, Japão e países do continente Europeu, o teste de referência que comprova a equivalência de medicamentos genéricos com os de referência é o teste de bioequivalência, realizado por meio de pesquisas clínicas com seres humanos. Esse é o teste globalmente aceito para comprovar, sem dúvidas ou questionamentos, que um produto genérico pode substituir o medicamento de referência, porque comprovadamente, por meio de testes em sangue e urina, o teor dos medicamentos no organismo humano é equivalente;

5.3 – Os medicamentos genéricos à base de losartana monossódica das empresas Medley, Geolab e Pratti apresentaram à Anvisa, no momento do seu pedido de registro, testes de bioequivalência satisfatórios. Portanto, são considerados equivalentes ao referido medicamento de referência;

6 – A Anvisa realiza o monitoramento permanente da qualidade dos medicamentos comercializados no Brasil.  Em 2016, a Agência suspendeu a comercialização de 95 lotes de medicamentos com suspeitas de desvios de qualidade. Essa ação decorre tanto de inspeções de rotina em fábricas de medicamentos como em razão de queixas apresentadas por pacientes ou profissionais de saúde sobre ineficácia de um determinado medicamento ou reações adversas não previstas;

7 – A Agência não recebeu nenhuma queixa de desvio de qualidade dos lotes dos medicamentos que foram testados pelo Fantástico e relacionados com possível ineficácia;

8 -  Para assegurar a qualidade dos medicamentos em uso no Brasil, sejam genéricos ou de referência, a Agência desenvolve um conjunto de ações complementares que incluem: a certificação da qualidade dos produtores; a análise dos registros e modificações de pós-registro; as ações de farmacovigilância; as inspeções nos fabricantes; e um programa de monitoramento da qualidade, chamado Proveme. Em 2016, 70% das amostras desse programa de monitoramento da qualidade de medicamentos foram de genéricos. Nenhuma amostra de medicamento genérico foi considerada insatisfatória; e

9 – O consumo de medicamentos genéricos é seguro. A Anvisa desenvolve, de forma contínua, esse conjunto de ações para garantir a qualidade, segurança e eficácia de todos os medicamentos produzidos em nosso país, sempre em alinhamento com as melhores práticas internacionais.

Assessoria de Comunicação da Anvisa

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

ESTUDANTES DOS E.U.A DESENVOLVEM PROJETO PARA PRODUZIR CERVEJA NA LUA



Se ganhar a competição, a cerveja produzida na lua pode virar realidade ainda este ano

MUNDO
Um grupo de alunos de engenharia, nos Estados Unidos, está testando a viabilidade de produzir leveduras na lua - isto é, cerveja. O time da Universidade da Califórnia, participa da competição Lab2Moon, que vai levar o experimento vencedor para uma viagem à lua, marcada para 28 de dezembro deste ano.

Um dos estudantes, Neeki Ashari, que está no quinto ano de bioengenharia, explica que a ideia veio da paixão por cerveja, mas tudo começou como brincadeira. "Todos apreciamos a arte de criar cerveja. Pensamos que poderíamos combinar nosso hobby com a competição", afirma.

Outra novidade do projeto - se der certo, será a primeira vez em que cerveja é produzida na superfície da lua - é que o equipamento projetado tem o tamanho de uma lata de refrigerante. O fermentador tem três compartimentos: um para a bebida não fermentada, um com as leveduras e o último para o produto final.

A competição Lab2Moon recebeu inicialmente mais de 3 mil inscrições de mais de 15 países. Agora, na segunda fase, participam apenas 25 projetos, entre eles o da cerveja. Outros experimentos incluem plantio, água e produção de oxigênio.

 

SÃO FRANCISCO DO MARANHÃO REALIZA CONFERÊNCIA DA AGRICULTURA FAMILIAR


 O superintendente regional de articulação política do estado, Jardel Miranda, participou do evento.
A Prefeitura de São Francisco do Maranhão promoveu aos agricultores do município a “I Conferência da Agricultura Familiar”, cuja discussão teve como base o desenvolvimento local com a utilização da mão-de-obra dos franciscoenses por meio de parcerias firmadas com o governo estadual e instituições financeiras como o Banco do Brasil e Banco do Nordeste.
A Conferência foi realizada na quarta-feira (25), no Ginásio Poliesportivo Municipal, o evento contemplou a adoção de medidas emergentes para o município, tendo como eixo principal o crescimento econômico.
O prefeito Adelbarto Santos esteve acompanhado da sua equipe de governo, secretários e vereadores. Ele fez a abertura da Conferência tendo como foco principal a restauração da Agricultura Familiar local.
“Aumentar a nossa produção é o que nós definimos como objetivo para esta Conferência. Nós entendemos que podemos fazer uma parceria muito boa com o Banco do Brasil, Banco do Nordeste e Agerp”, disse ele ao afirmar que 84% da população local depende da agricultura familiar.
São Francisco do Maranhão tem o pior Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) dos 16 municípios que compõem a região do Leste Maranhense, segundo o Instituto de Geografia e Estatística (IBGE).
Mudar esse índice herdado de gestões anteriores, segundo Adelbarto, é o foco principal da sua gestão. “Se a gente preparar e incentivar o agricultor, nós podemos melhorar, tanto a parte financeira quanto esses índices relacionados ao desenvolvimento do município”, completou.
Ainda na Conferência, o prefeito anunciou a doação de 1 hectare de terra a 50 mulheres para plantio de hortaliças, mão de obra que, segundo ele, vai garantir renda a muitas famílias de São Francisco do Maranhão.
Para a execução do projeto, o prefeito deu como prazo o início do mês de março. O mesmo será feito na comunidade Tapera, à beira do rio Parnaíba. “Nós já conseguimos, através da Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e de Extensão Rural do Maranhão (Agerp) e do Governo do Estado, um kit de irrigação. Nós queremos que toda a alimentação destinada ao hospital e às escolas seja produzida aqui no município garantindo renda aos nossos produtores locais.”
Como parte da meta de melhoria do IDH, o prefeito anunciou a divisão do município em três polos diferentes: 1 – da beira do rio ao Novo Estado, será para cultivo de leite e hortaliças; 2 – da Boa Esperança à Várzea Comprida, a área será destinada à criação de bovinos, caprinos e ovinos; 3 – a região do São Bento será destinada à produção de feijão, abóbora e milho.
“A ideia é dividir toda a nossa agricultura por polos, e a gente trabalhar com investimentos bancários para restaurarmos a agricultura familiar. A nossa Secretaria de Agricultura será referência muito grande neste governo.”
“Hoje nós temos o início das mudanças da política pública de São Francisco do Maranhão. Nós vamos procurar intensificar cada vez mais as ações da agricultura porque quase 90% da nossa população sobrevive dela (da agricultura)”, afirmou o vice-prefeito, Júnior Furreca.
Para o articulador político do governo do Maranhão, Tio Jardel, a Conferência serviu também para uma aproximação positiva entre o agricultor e as instituições financeiras.
“A avaliação que faço é positiva porque em menos de um mês de governo, o prefeito Adelbarto tem mostrado atos de coragem diante da real situação de dificuldades do município. Ele realizou esta Conferência para mostrar aos produtores o caminho da produção da agricultura familiar. Esta é uma oportunidade para que a população conheça essas três entidades (Agerp, BNB e BB) como fonte de recursos para fomentar a própria produção”, afirmou.
O gerente do Banco do Nordeste de Floriano, Vicente Furtado Pinto, parabenizou a iniciativa do gestor em buscar soluções para o crescimento do município. Ele defende a formação de parcerias locais para agilizar o processo de liberação de recursos em novas linhas de crédito em São Francisco do MA.
Ele afirmou que em 39 anos de atuação no banco, Adelbarto foi o primeiro gestor a procurar a instituição como parceira para o crescimento do município. Segundo ele, a prefeitura será avalista dos proponentes nas novas linhas de crédito que serão abertas aos agricultores de São Francisco do MA.
“São poucos os gestores municipais que procuram o Banco do Nordeste para discutirmos o apoio do banco ao município. Isso é lamentável porque o banco é federal e tem muitos recursos para emprestar a todos os setores da economia. É como digo, o desenvolvimento é local. De nada adianta o Banco do Nordeste estar em Floriano se não houver uma ação do município para que esse recurso venha para São Francisco. O papel do próprio banco diz que ele deve estar em todos os municípios”, disse ele.
“Não há como alavancar a economia sem passar pelo agricultor por que ele que produz, que compra e consome. Vamos nos reunir posteriormente com os empresários e consumidores para incentivá-los a vender e a consumir. A intenção é realmente essa, juntar as forças para que, de fato, possamos restaurar a nossa economia”, encerrou o prefeito.
A Agerp esteve presente e o gestor Ednaldo Quirino parabenizou ao prefeito pela iniciativa e afirmou a disposição do agencia em participar ativamemte do projeto.
"O Governo do Estado já atua no município com o "Mais IDH" e com essa disposição do prefeito Adelbarto em priorizar a agricultura famliar não tenho dúvida que a nossa parceria será muito mais efetiva, estaremos presente com nossos técnicos auxiliando os agricultores com assistência técnica" afrimou Quirino.
Ao final da Conferência, foram sorteados entre os agricultores acessórios agrícolas como enxadas, facões, matracas para plantio de arroz, entre outros.
Fonte: http://somosnoticia.com.br

REVENDEDORA DE CARROS USA HUMOR EM SEUS ANÚNCIOS E CONQUISTA A WEB

 DBlxgVf.jpg

Portal: 180 Graus.com

Goiás / Brasil
 
Uma revendedora de carros tem chamado a atenção dos internautas devido a seus anúncios cheios de graça. Pony Veículos tem sede na capital Goiânia (GO) e já está no ramo há mais de 15 anos.

Os serviços da empresa são os já tradicionais: compra, venda e troca de veículos. Além disso, podem fazer anuncio do veículo do cliente nas mídias sociais e cobrar uma comissão por 'aquele' serviço, que vem chamando e se destacando pelo caráter humorístico.

Se a propaganda é a alma do negócio, a equipe da revendedora leva isso bem a sério e não economiza na criatividade em seus anúncios que movimentam as redes sociais.

Veja algum dos anúncios da página virtual da empresa:

GQ0exne.jpg
JjMUsAx.jpg 
CLIQUE AQUI E VEJA MAIS ANÚNCIOS

quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

CORRUPTO: RANKING DE CORRUPÇÃO COLOCA BRASIL EM 79º LUGAR ENTRE 176 PAÍSES

Dinamarca e Nova Zelândia lideram ranking como menos corruptos, seguido por Filândia.

 

Estudo divulgado ontem quarta-feira (25) pela entidade Transparência Internacional aponta que o Brasil fechou o ano de 2016 em 79º lugar entre 176 países em ranking sobre a percepção de corrupção no mundo. Além do Brasil, estão empatados em 79º lugar Bielorrússia, China e Índia.

O ranking leva em consideração a percepção que a população tem sobre a corrupção entre servidores públicos e políticos. Quanto melhor um país está situado no ranking, menor é a percepção da corrupção por seus cidadãos.

A pontuação do ranking vai de 0 (extremamente corrupto) a 100 (muito transparente). Segundo o estudo da Transparência Internacional, o índice brasileiro em 2016 é 40 – dois pontos a mais do que em 2015, quando foi 38. Apesar da melhora na pontuação, em 2016, o Brasil caiu três posições em comparação com 2015.
“O país [Brasil] mostrou que, através do trabalho independente de organismos responsáveis pela aplicação da lei, é possível responsabilizar publicamente aqueles antes considerados intocáveis.”
Para a entidade, a posição do Brasil no ranking caiu “significativamente” nos últimos anos devido aos escândalos de corrupção que envolvem políticos e empresários, como os revelados pelas investigações da Operação Lava Jato.

“Apesar disso, o país mostrou neste ano (2016) que, através do trabalho independente de organismos responsáveis pela aplicação da lei, é possível responsabilizar publicamente aqueles antes considerados intocáveis”, diz a entidade.

Ranking

Os países que lideram o ranking da corrupção, como menos corruptos são Dinamarca e Nova Zelândia, com índice de transparência de 90. Entre os cinco países mais bem avaliados também estão Finlândia (com 89 pontos), Suécia (com 88) e Suíça (com 86 pontos).

A entidade destaca que, embora nenhum país esteja livre de corrupção, os países mais bem avaliados no ranking “compartilham características de governo aberto, liberdade de imprensa, liberdades civis e sistemas judiciais independentes”.

De acordo com o ranking da Transparência Internacional, a Somália, com 10 pontos no ranking, é o país com maior percepção de corrupção dentre as nações analisadas. O país africano ocupa a última posição no ranking pelo décimo ano consecutivo.

Em um comunicado, a Transparência Internacional cita que 69% dos 176 países analisados no estudo tiveram pontuação menor que 50. Isso, segundo a entidade, expõe “quão universal e sólida é a corrupção do setor público em todo mundo”.

“Neste ano mais países caíram no índice do que melhoraram, mostrando a necessidade de ação urgente”, afirma o relatório.

Ao citar exemplos de casos de corrupção nos últimos anos, a Transparência Internacional cita o escândalo da Petrobras, investigado pela Operação Lava Jato; os escândalos que levaram à queda e à fuga do ex-presidente da Ucrânia Viktor Yanukovych em 2014; e escândalos de corrupção na FIFA, que investigam, entre outros pontos, a compra de votos na escolha de sedes da Copa do Mundo.

Fonte: G1.com

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

TECNOLOGIAS A SERVIÇO DA ECONOMIA E DO MEIO AMBIENTE: EXEMPLOS QUE O MARANHÃO PODE ADOTAR…

Hildo Rocha e Integrantes da comitiva durante visita à usina que transforma parte do esgoto 
sanitário em energia elétrica

O deputado federal Hildo Rocha (PMDB), que é membro da Comissão de Desenvolvimento Urbano da Câmara Federal, participou de viagem de intercâmbio à China para conhecer tecnologias de comprovada eficácia na utilização de recursos naturais sem prejuízos para o meio ambiente. 

Rocha visitou as cidades de Pequim, Shenzhen, Hong Kong, Macau e Shanghai.

“A China hoje tem muito a nos ensinar no que se refere ao saneamento básico. Eles têm investido bastante em pesquisas e utilização de novas tecnologias para os serviços de saneamento ambiental. Em Hong Kong, conhecemos o sistema de tratamento de esgoto, que é bastante avançado. Após passar por várias etapas, os dejetos são transformados em energia e o liquido é tratado e devolvido ao mar praticamente puro, sem poluir o meio ambiente”, destacou Rocha.

De acordo com o parlamentar, a localização, as características territoriais e a densidade populacional da China foram fatores que contribuíram para apressar o desenvolvimento das tecnologias.

“Por não terem água suficiente e cientes de que a quantidade água potável disponível no planeta está a cada dia mais escassa, os chineses se esforçaram para encontrar alternativas viáveis. Os avanços são notáveis”, destacou Rocha.
Aproveitamento da água do mar

De acordo com Hildo Rocha, algumas das experiências que deram certo na China podem ser facilmente implantadas no Brasil, como é o caso da utilização da água do mar nas residências.

“Hong Kong, por exemplo, utiliza água do mar nas residências. Por meio de um sistema simples de filtragem eliminam-se as bactérias. Não há necessidade de se retirar o sal, pois a água é aproveitada apenas para uso nas descargas de aparelhos sanitários. Dessa forma a população da cidade, que é de mais de sete milhões de habitantes, economiza aproximadamente 30% de água potável. É, sem dúvida, uma economia gigantesca e um benefício incalculável para o planeta”, ressaltou.
Uma das usinas de tratamento de esgotos visitadas na China

Fonte: Marco Aurélio Derça

segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

TRUMP ASSINA DECRETO PARA RETIRAR EUA DE ACORDO COM PAÍSES DO PACÍFICO

O presidente dos EUA Donald Trump exibe a ordem executiva da retirada dos Estados Unidos do TPP em seu gabinete na Casa Branca, em Washington (Foto: Kevin Lamarque/Reuters)

 G1.com

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assinou nesta segunda-feira (23) uma ordem executiva para iniciar a saída do país do Tratado de Associação Transpacífico (TPP, na sigla em inglês), negociado pelo governo de Barack Obama e visto como um contrapeso à crescente influência econômica e política da China.

A iniciativa é a primeira decisão do novo presidente republicano, que durante a campanha denunciou com veemência o que chamou de acordo "terrível", que "viola", segundo ele, os interesses dos trabalhadores norte-americanos.
"Temos falado muito disso durante muito tempo", disse Trump enquanto assinava a ordem executiva no Salão Oval da Casa Branca. "O que acabamos de fazer é uma grande coisa para os trabalhadores americanos", acrescentou. 

O texto, promovido por Washington e que supostamente modela as regras do comércio do século XXI, foi assinado em 2015, mas não entrou em vigor. Ele previa a liberação do comércio de serviços, como engenharia de software e consultoria financeira. 

A administração Obama considerava o TPP como o melhor tratado possível porque inclui não só a eliminação de barreiras comerciais, como também de normas sobre legislação trabalhista, ambiente, propriedade intelectual e compras estatais.

TPP

O tratado foi assinado por 12 países: Austrália, Brunei, Canadá, Chile, Japão, Malásia, México, Nova Zelândia, Peru, Cingapura, Estados Unidos e Vietnã, que representam 40% da economia mundial e um terço do comércio global. 

O TPP, que visa reduzir barreiras comerciais em algumas das economias com o crescimento mais rápido da Ásia e se estender do Canadá ao Vietnã, não pode entrar em vigor sem os Estados Unidos. 

Ele precisa da ratificação de pelo menos seis países que respondam por 85% do Produto Interno Bruto (PIB) combinado dos países membros.

 

sábado, 21 de janeiro de 2017

DONALD TRUMP TOMA POSSE COMO 45º PRESIDENTE DOS ESTADOS UNIDOS

O presidente dos EUA, Donald Trump, durante o juramento ao lado

 da mulher Melania e seu filho Barron na cerimônia de posse no

 Capitólio, em Washington Foto: CHIP SOMODEVILLA / AFP

'O povo vai governar esta nação novamente', prometeu. Na presença de quatro ex-presidentes - um deles de seu partido - discurso repetiu tom agressivo da campanha, com críticas aos políticos. Posse foi assistida por milhares de apoiadores, mas capital americana também teve protestos.

 G1.com

Donald John Trump, 70, tomou posse ontem sexta-feira (20) como o 45º presidente dos Estados Unidos, sucedendo Barack Obama com discurso nacionalista e crítico à classe política, no mesmo tom que marcou sua campanha eleitoral.

Ele prestou juramento diante do Capitólio, em Washington, e discursou em seguida. Na presença de quatro de seus antecessores -- um deles republicano -- Trump disse que a cerimônia tinha um significado especial porque está transferindo o poder de Washington e o levando de volta ao povo. Por muito tempo, um grupo pequeno na capital dominou o poder, e a população não foi beneficiada, afirmou. "O povo vai governar esta nação novamente", prometeu.

O presidente enfatizou sua visão de colocar os interesses de seu país como prioridade: "Buscamos amizade e boa vontade com as nações do mundo, mas o fazemos com o entendimento de que é direito das nações botar seus interesses em 1º lugar. Não procuramos impor nosso modo de vida a ninguém, mas o deixamos brilhar como um exemplo. Nós brilharemos para todos seguirem".
Veja alguns destaques da fala de Trump:
  • Disse que "o povo vai governar esta nação novamente"
  • "Juntos, vamos determinar o curso da América e do mundo por muitos, muitos anos que virão"
  • "Buscamos amizade e boa vontade com as nações do mundo, mas o fazemos com o entendimento de que é direito das nações botar seus interesses em 1º lugar. (..) Nós brilharemos para todos seguirem"
  • Prometeu erradicar o terrorismo radical islâmico da face da Terra
  • Prometeu investimento em infra-estrutura
  • Prometeu gerar empregos
  • "Quando abrimos nossos corações ao patriotismo, não há espaço para a discriminação
  • "Defendemos as fronteiras de outros países enquanto nos recusamos a defender as nossas próprias"
  • "Gastamos trilhões e trilhões de dólares além mar, enquanto a infraestrutura dos Estados Unidos caiu em degradação e deterioração"